A CONTINUAÇÃO DESTE SITE REVISTA E AMPLIADA COM OUTRAS ILUSTRAÇÕES E CONHECIMENTOS SOBRE A SUBLIMAÇÃO

E TRANSMUTAÇÃO E REGENERAÇÃO SEXUAL APARTIR DA METADE DO TRABALHO EM:

Pesquise na internet...

 

Mas, antes de pesquisar, leia
toda esta apostila, e depois sim,
pesquise na internet.

 

 

 

 

Selá, quer dizer, pense nisso

para dar no que pensar

Se... estás tão certo e convicto da tua verdade, não terás medo de ler e ouvir a mentira dos outros. Muito antes pelo contrário, aproveitarás a oportunidade para corrigir os erros do raciocínio falaz (enganoso, falso, mentiroso).

És o dono da verdade? Total?...- ainda não!

Isto porque, se, a estas alturas dos acontecimentos, quem não aprendeu ainda, algum mínimo, ou, um pouco da verdade, muito mais, vai sofrer, pelo que já devia ter aprendido e ainda não aprendeu.

 

Toda a noção de vida, foi dada por DEUS através do sexo.

Os mistérios da Vida e da morte, estão no sexo.

 

As plantas têm o gineceu e o androceu, órgãos sexuais das plantas, e a polinização é a fecundação.

 

Os animais copulam, e o homem, sentido filosófico, homem e a mulher, também copulam.

Pesquise na internet

O site:

Teoria psicanalítica:

O CONCEITO DE SUBLIMAÇÃO EM

PSICANÁLISE

 

Leia em primeiro lugar este site. Assim compreenderá melhor os outros temas.

Os seguintes temas:

Transmutação sexual

Não é transsexualidade. Sublimação e transmutação sexual; não é abstinência sexual. Transmutação sexual é no sentido de transformação que os corpos de todos os seres vivos, desde que nascem até que morrem, passam por uma constante transformação, com a PRESENÇA OU NÃO DA ENERGIA SEXUAL.

Sublimação e transmutação sexual, não são abstenção sexual.

Outro tema:

                   Os sete (7) corpos do homem

                   Sentido filosófico, Homem e a Mulher

Pesquise para obter informações e ter o

"CONHECIMENTO"

Uma das maiores causas do sofrimento da Humanidade, é a ignorância.

E, se alguém cuida saber alguma coisa, ainda não sabe como convém saber.  1 Coríntios 8:2

Examine tudo e retendes o melhor. 1º Tessalonicenses 5:21

O meu povo está sendo destruído por que lhe falta o conhecimento. Oséias 4:6

Pois o povo que não tem entendimento, será castigado, ou corre para a sua perdição. Oséias 4:14

Todas as expressões  intelectuais que não compreender pesquise separadamente e, depois veja no contexto geral do tema.

 

Para tudo que se vai fazer na vida, é necessário ter o conhecimento. Até para cozinhar um ovo, tem que ter o conhecimento.

Também até para consertar o curto circuito em casa, tem que ter o conhecimento sobre eletricidade, para não arriscar a levar uns 220v nos dedos.

 

Toda a noção de vida foi dada por DEUS através do sexo.

Os mistérios da vida e da morte estão no sexo.

As plantas têm o gineceu e o androceu, órgãos sexuais das plantas, e a polinização é a fecundação.

Os animais copulam, e o homem, sentido filosófico, homem e a mulher, também copulam.

Biblicamente, está escrito que, DEUS, criou, Homem e a Mulher, "macho e fêmea", e, crescei e multiplicai-vos.

Gênesis 1: 27-28

 

E o que é a multiplicação?

É o mandamento de DEUS, para o ato sexual com a fecundação para a transmissão genética, com os "códigos genéticos”, o “LIVRO DA VIDA", para a perpetuação da espécie e a continuação da vida.

E a cada ato sexual com ejaculação, principalmente o da masturbação, interrompe esta corrente linear da transmissão genética com todo o "código genético", jogando a vida fora em troca de nada, só pelo prazer de satisfazer a vaidade do “ego masculino” em ejacular o bem mais precioso que DEUS fabrica no corpo, através das Leis da Natureza.

As conseqüências?

 Ao longo do tempo, de tanto ejacular...o vazio existencial de si mesmo...o vazio com a perda do sentido da vida, porque este sentido foi posto fora, ao longo do tempo, nos atos sexuais com ejaculação para satisfazer o prazer do "m-eu-ego-ismo”, na sua vaidade em morrer ainda em vida ejaculando.

Na ejaculação são lançados fora milhões de espermatozóides contendo o "código genético", o LIVRO DA VIDA”, sendo lançados fora “ele mesmo".

 E os solitários, amargurados da vida, vivendo isolados, sentindo-se verdadeiros “mortos vivos", de uma vida vazia, buscam  nos “hábitos solitários”, na masturbação com ejaculação, à compensação pela sensação e sentimento da falta de amor, afetividade e solidão, preso e identificado com os próprios sentimentos negativos,"achando" que, em se masturbar, vai amenizar o seu sofrimento, e ficam, sentindo-se cada vez mais, mais solitários e isolados, perdendo o sentido da vida, e muitas vezes, a razão de viver, entregando-se aos vícios, alcoolismo, drogas.

Em vez de buscarem, deixam de procurar o auxílio DIVINO, E O conhecimento de DEUS,  para não se deixarem  vencer pelas depressões,  ajudando a si mesmos a superar as vicissitudes, atribulações, problemas que surgem na vida que pouco resta, para sobreviverem, e não, as depressões, solidão, tristeza, desamor, baixa autoestima, chegam ao extremo de não gostarem mais da vida.

 

A “consciência egóica”, do “m-eu-ego-ismo”, perde, perdeu, está perdendo, e continuará a perder, apagando-se  a “memória  celular  genética”, DO LIVRO DA VIDA, dele mesmo, perdendo o sentido da vida, perdendo a noção  de tempo, confundindo as realizações,  se fez ou não fez, nem como foi feito, achando que foi uma coisa, quando na verdade, foi outra,não sabendo mais qual é a finalidade de  propósito e  desígnios da sua existência.

Daí àquela famosa pergunta:

“Quem sou eu, da onde vim, e... para onde vou?

 

 

Isaías 55:6-13 

Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto

Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno, os seus pensamentos e se converta ao Senhor, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar. Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos, os meus caminhos, diz o SenhorPorque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos, mais altos do que os vossos pensamentos. 

Almeida Revista e Corrigida 2009 (ARC)

 

 

 

 

 

 

 

 

 Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno, os seus pensamentos e se converta ao Senhor, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar Isaías 55;6-13

 

Por isso mesmo, empenhem-se para acrescentar à sua fé a virtude; à virtude o conhecimento;

 por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência, associai com a vossa fé a virtude; com a virtude, o conhecimento; 6 com o conhecimento, o domínio próprio; com o domínio próprio, a perseverança; com a perseverança, a piedade;

Porque eu quero a misericórdia, e não o o sacrifício; e a ciência, ou o conhecimento de DEUS, mais do que holocaustos. Oséias 6:6

 

porquanto, mesmo havendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças; ao contrário, seus pensamentos passaram a ser levianos, imprudentes, e o coração insensato deles tornou-se em trevas22E, proclamando-se a si mesmos como sábios, perderam completamente o bom senso 23e trocaram a glória do Deus imortal por imagens confeccionadas conforme a semelhança do ser humano mortal, bem como de pássaros, quadrúpedes e répteis. 

24Por esse motivo, Deus entregou tais pessoas à impureza sexual, segundo as vontades pecaminosas do seu coração, para degradação de seus próprios corpos entre si25Porquanto trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram objetos e seres criados, em lugar do Criador, que é bendito para sempre. Amém! 

Romanos 1:21 a 25

 

12 Não tendes limites em nós; mas estais limitados em vossos próprios afetos. 2 Coríntios6:1-18

 

E  o “ego” em se degenerando sexualmente, surgiu a conhecida expressão:

Daí àquela famosa pergunta:

“Quem sou eu, da onde vim, e... para onde vou?

Se... o corpo é Templo onde DEUS habita... quem é que, de lá de dentro do Templo de si mesmo, faz as famosas perguntas:

Quem sou eu? Da onde eu vim? E...para onde vou?

Não pode ser Deus, Ele, não iria cair em contradição perguntando para Ele mesmo, quem sou eu, da onde vim e para onde vou?

Quem faz estas perguntas é o “ego”, que não sabe nada de si mesmo, quanto  mais conhecer a DEUS.

Já foi dito:

O “ego come galinha e arrota piru”.

Outra, analogia, comparação sobre a degeneração sexual provocada pela fornicação, a ejaculação.

 

É como se uma empresa, lançasse, jogasse fora todos os dias, os documentos que constituem esta empresa.

E quando na copiadora terminar os papéis que servem para a cópia, lança fora também os originais, e a máquina por falta de uso, começa a se estragar, vai se deteriorando... e  aí, esta empresa perde a noção, a razão de sua existência.

Por fim, a empresa fecha, encerrando suas atividades,  para as quais ela foi feita.

É abandonada, e, vai se tornando ruínas, invadida e destruída por vândalos.

Ou ainda...é que nem a poupança no  banco... se...só... gastar....gastar...e nunca repor, um dia vai terminar, e aí, não adianta querer gastar mais, porque não vai ter mais.

 

Ou ainda: 

O grande compositor e maestro, DEUS, compôs uma música para a sua Glória, e distribuiu, cópias  escritas desta partitura

aos “músicos” que integram a sua orquestra, cada um, com o seu instrumento.

Mas, os”egos” dos músicos de cada um, “acharam” que, parte daquela música  esta não está boa, e, alteraram   alguma páginas da partitura escrevendo outra.

Outros músicos, simplesmente, jogaram fora partes desta  partitura, dando como justificativa de que não gostaram dessas partes.

E...quando  o grande MAESTRO E COMPOSITOR, LEVANTOU A “BATUTA”(vara ou bastão pela qual o maestro regerá a orquestra) imagine só,  que música sairá do conjunta daquela  “orquestra”?!...  Desarmonia  total.

 

Ou ainda:

Quando da construção de um prédio de “sete andares”, for construído  até ao terceiro andar....e aí...os “mestres  de obras e os operários da construção, não gostando do restante do prédio que ainda falta a ser construído...resolvem fazer novas plantas de acordo com que eles “acham “ que deve ser para cada andar restante.

Quando o “criador” do projeto for visitar a obra que Ele criou,

ficará decepcionado com todos que alteraram o “projeto” de acordo com a vontade deles, para satisfação própria dos seus “egos”.

Sabemos que, se for destruída a temporária habitação terrena em que vivemos, temos da parte de Deus um edifício, uma casa eterna nos céus, não construída por mãos humanas. 2 Coríntios 5

A casa é o corpo de cada um , que é o Templo onde DEUS HABITA, DEVERÁ SER CONTRUÍDA,   para a GLÓRIA DE DEUS,

PELA ELIMINAÇÃO DO “EGO” , FAZENDO A VONTADE DE DEUS, E NÃO A DO EGO.

“Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome cada dia a sua cruz, e siga-me.” Lucas 9:23

 

Se...o corpo é onde DEUS habita...então, não pode ser DEUS... não seria negá-lo dentro de si mesmo.

Ele não iria cair em contradição, perguntando a ELE mesmo, quem sou eu...de onde vim...e para onde vou?

Não seria negá-lo dentro  si mesmo...e sim negar os valores egóicos para fazer a vontade de DEUS, e não, a vontade do m-eu-ego-ismo.

E a realização deste propósito não é fácil.

 

Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.Salmos 127:1

 

Porque, se alguém cuida ser alguma, não sendo nada, engana-se a si mesmo.
Mas prove cada um a sua própria obra, e terá glória só em si mesmo, e não noutro.


Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que homem semear, isso também ceifará.  Gálatas 6:3-4-7
Pela Lei de causa e efeito do retorno:

O ego é vítima de si mesmo.

O “ego” come galinha e arrota piru.

Daí, provavelmente vem do Eclesiastes, quando diz:

“Pois os vivos sabem que morrerão, mas os mortos não sabem coisa nenhuma, nem tampouco têm eles daí em diante recompensa; porque a memória ficou entregue ao esquecimento.” Eclesiastes 9:5

 

1Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que cheguem os dias difíceis e se aproximem os dias da velhice em que dirás: “Não tenho mais satisfação em meus dias!” 2Antes que a luz do sol, da lua e das estrelas percam o brilho aos teus olhos, e penses que as nuvens carregadas de chuva jamais se afastarão de ti; 3quando os guardas da casa caminharem trêmulos, e os homens fortes andarem encurvados; quando cessar o trabalho diário dos moedores, por já serem poucos, e os que olham pelas janelas enxergarem apenas sombras e figuras turvas; 4quando as portas da rua se fecharem; quando o ruído do moinho diminuir muito e te despertares com o simples canto dos pássaros; mas o som de todas as canções te parecer fraco e distante; 5quando temeres a altura e te aterrorizares com os perigos das ruas; quando florir a amendoeira, o gafanhoto se transformar em um grande peso e perderes o gosto por quase tudo. Então é tempo de o ser humano se recolher à sua morada eterna, e os pranteadores caminharem pelas ruas chorando a tua partida. 6Sim, com certeza, lembra-te de Deus, antes que se rompa o cordão de prata, ou se quebre a taça de ouro; antes que o cântaro se despedace junto à fonte, a roda se quebre junto ao poço; 7o pó retorne à terra, de onde veio, e o espírito volte a Deus, que o concedeu. 8“Que absurdo! Que futilidade! Tudo é ilusão, vaidade!”  Eclesiastes 12:1 à 8

Pesquise “ Cordão de prata”.

 

Por isso veio Jesus, para que despertem a consciência adormecida

“Desperta, tu que dormes, e levanta-te dos mortos, e Cristo te iluminará.” (Efésios 5.14)

 

Despertar  a Consciência adormecida, quer dizer, inconsciência  EM ESTADO DE Letargia, adormecida em sono profundo, estando  em estado de SONHO, ou PESADELO, Letargia, com a sensação de eternidade,achando que está acordado, desperto.

Ledo engano.

Ledo,risonho.

 

Jesus disse a outro: «Siga-me.» Esse respondeu: «Deixa primeiro que eu vá sepultar meu pai.» Jesus respondeu:

«Deixe que os mortos sepultem seus próprios mortos Mateus 8.18-22 e em Lucas 9. 57-62.

 

 

Até a palavra Gênesis,  que quer dizer “começo de tudo”, contém  o Gênes.

Aonde  aconteceu a gênesis da vida de cada um que esteja lendo o que está escrito aqui?  - Na fecundação.

DNA, ADÃO?

*O gene é um segmento de uma molécula de DNA (ácido desoxirribonucleico), responsável pelas características herdadas geneticamente. Cada gene é composto por uma sequência específica de DNA que contém um código (instruções) para produzir uma proteína que desempenha uma função específica no corpo.

Cada célula humana tem cerca de 25.000 genes.

A maioria dos genes está contida nos cromossomos.

O cromossomo é constituído por uma longa cadeia de DNA envolvido em torno de uma proteína especial denominada histona.

A maioria dos cromossomos contêm vários genes diferentes. As células humanas contêm 23 pares de cromossomos – um par de cromossomos sexual (XX nas mulheres ou XY nos homens), mais 22 pares de cromossomos não sexuais denominados autossomos.

Os espermatozoides e os óvulos contêm apenas metade deles, ou seja, 23 cromossomos.

Os cromossomos são transmitidos dos pais para os filhos por meio do esperma e óvulos. Um cromossomo de cada par é herdado da mãe e o outro do pai.

Isto explica porque as crianças se parecem com seus pais, e porque podem ter uma tendência a desenvolver determinadas doenças hereditárias.

*Tirado da internet: O que são genes? - Instituto Oncoguia

www.oncoguia.org.br/conteudo/o-que-sao-genes/8159/73/

 

DNA        ADN          ADÃO polaridades masculina e feminina que, tanto o homem como a mulher possuem.

Prevalecendo a polaridade masculina no homem, e a feminina na mulher, por causa dos hormônios.

Tudo isso é posto fora em cada ato sexual com ejaculação, e o pior deles é a masturbação, pois que, o homem ao ejacular na masturbação, joga a sua vida fora, por uma sensação virtual, imaginária, fictícia, ao imaginar o quanto seria bom e gostoso, ele  acabando, ejaculando com a mulher que ele imagina estar transando, fazendo sexo com ela.

O Reino de DEUS, não está aqui nem acolá, porque o Reino de DEUS, está dentro de vós. Lucas 17:21

 

 

 

 

 

 

Porque todos pecaram e destituídos da Glória de DEUS. Romanos 3: 23

Os hormônios, quando surgem aos dez, onze, anos, lançados para dentro, desenvolve, transforma, transmuta  o “guri” no “HOMEM”, 

e a “menina”, na mulher.

Mas quando lançados para fora do corpo, para satisfação do prazer do “ego”....realiza a “transmutação” negativa,  na decadência física, mental, intelectual, mortal, à morte.

 

Jogar a energia sexual fora na ejaculação  é o mesmo que jogar a vida fora.

Não sabeis vós que sois o Templo de DEUS e que o Espírito de DEUS habita em vós? Se alguém destruir o Templo de DEUS, DEUS o destruirá; porque o Templo de DEUS, que sois vós, é santo. 1 Coríntios 3: 16-17

E como é que se destrói o corpo? Que é o Templo de DEUS?.... Se o corpo é o Templo de DEUS, o "m-eu-ego-ismo", bota tudo a perder, com todos os tipos de drogas que envenenam o corpo, homicídios, suicídios,... etc... e também,  através do ato sexual com ejaculação, principalmente o da masturbação.

E o que é pior... é que esta prática, ainda é aprovada por uma falsa ciência materialista que diz que: a masturbação, que é biblicamente a fornicação, que é a ejaculação... não faz mal nenhum.

Em cada ato sexual com ejaculação, são postos fora mais de "trezentos milhões de espermatozóides”. E a maioria esquece que um dia, todos, eu, tu, ele, nós, vós, eles, todo mundo, foram "um espermatozóide".

Tu já pensou na oportunidade que tivestes entre trezentos milhões para estar aqui nesta vida aprendendo alguma coisa, para o bem ou para o mal?

Por isso, os casamentos de hoje em dia não duram muito. Pois além do material que servia de atração física sexual e, levado pelo instinto sexual, e a "intensidade do orgasmo" para a satisfação do "eu-ego-ismo" no prazer de ejacular grandes quantidades de "sêmen”, com a ejaculação, perdendo, morrendo, a atração sexual, a cada "descarga psíquica- mental no choque eletromagnético" não somente sobre o homem, ele mesmo, mas, também, sobre a mulher, no orgasmo da ejaculação, aumentando a agressiva competitividade pelo poder egoístico entre os "egos masculinos e os egos femininos”.

 

Porém, desde o princípio da criação, Deus os fez macho e fêmea.
Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher,
E serão os dois uma só carne; e assim já não serão dois, mas uma só carne.
Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem
.
Marcos 10:6-9

Os dois, homem e a mulher, possuem auras”, campos eletromagnéticos separados, individuais um do outro.

E ao se juntarem para o ato sexual, as “auras tendem a se tornar uma só.

As polaridades sexuais diferentes, masculino e feminino, se atraem, fazendo o que DEUS mandou,  unirem-se um ao outro,tornando-se um só.

Mas com a continuidade  da ejaculação, a fornicação, com a intensidade dos orgasmos, a descarga eletromagnética que reflete sobre os dois, tornando-se iguais, se repelem, chegando ao ponto de haver  a “aversão”.

Assim, a carne do corpo, não atrai mais.

E por não saberem o que está acontecendo, separam-se, indo buscar  nos outros, o fogo do prazer que já morreu, e...por fim,  separam-se... indo contra a “palavra de DEUS que diz:

Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem. Marcos 10:9

 

E com o passar do tempo e, mantendo-se o desperdício da energia sexual com a ejaculação, os casamentos acabam em separação. Somente os mais antigo  se mantêm unidos por causa da moral religiosa, porque os mais novos de hoje em dia, não duram nada.

Tem até uma frase comum  entre os famosos de hoje:

“A fila andou”.

A mulher, não goza a quantidade de sêmen jogado fora pelo homem. O que ela goza, são os instantes antes da ejaculação, quando o homem ficando  muito excitado,  e que no extremo, no máximo da excitação, ejacula todo sêmen acumulado,  fazendo com que, a consciência,  perdendo a essência das energias vitais que constituem a vida.

E...perdendo a  luz da vida na ejaculação,  a consciência submerge  nos infernos atômicos da natureza interior, dotando a natureza física, de um padrão vibratório mais lento, tornando  cada mais difícil  conseguir o pão nosso de cada dia, com o esforço para o  trabalho  para se manter vivo.

Quanto mais o homem se controlar com domínio próprio, para se segurar e, não ejacular, mais tempo terá de gozo com as trocas magnéticas das “auras” entre ele e a mulher.

Porque depois que ejacular, fim, acabou, morreu.

 

E a nova geração, com a liberação sexual, já vem com a bagagem hereditária enfraquecida, e quando se casam, já estão "mal das pernas"..

E logo que casam, esquecem que têm, 30, 40 anos pela frente. Não há organismo que agüente as exigências dos egos para satisfazerem as suas vaidades de grandes "orgasmos” enquanto têm bastante energia sexual, porque depois que esgotam o organismo, fim...terminou, acabou, e não podem abusar do "Viagra”, quantidades de comprimidos, porque faz mal ao coração.

Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.

Mateus 26:4

 

Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação. 2 Timóteo 1:7

 

Vale aqui repetir:

A questão da degeneração sexual, pelo abuso do desgaste sexual pela ejaculação... é que nem a "poupança no banco"... Se... Só gastar...gastar... e... nunca repor...um dia vai terminar... e aí...não adianta querer mais gastar porque não vai ter mais nada. Aí...sofre. E quando encontram a morte, já são uns mortos vivos há muito tempo.

 E lá pelas "tantas" da vida, fazem a famosa pergunta: - Aonde foi que eu errei?

-Faz muito tempo...desde a primeira masturbação, vulgar "punheta".

Eu pensava que era assim, me disseram que era assim, eu li que era assim, eu acreditava que era assim, e o pior de todos, eu "achava" que era assim. "Achar", todo mundo acha alguma coisa. Agora vejo que não era nada daquilo.

O fenômeno biológico do desgaste sexual tem tanta influência no comportamento no relacionamento humano entre o homem e a mulher, que já apareceu na TV, num programa religioso de alguma denominação religiosa, o comentário de um pastor, dizendo que, algumas mulheres da sua igreja, estavam reclamando, dos seus esposos, maridos, jovens e também pastores, que eles já não estavam cumprindo satisfatoriamente com seus “deveres conjugais”.

O pastor indicou “reposição hormonal”.

O homem, sentido filosófico, homem e a mulher, por mais crente que seja, somente porque acredita, e tem fé em DEUS,acha que as energias sexuais nunca irão faltar, esquece ou não sabe, que as Leis da natureza que manifestam os fenômenos biológicos, são iguais para todos, tanto o crente em qualquer denominação religiosa, como no ateu mais convicto.

Ejaculou, perdeu a chance de “criar a sua vida”

Ejaculou, perdeu vida, morreu.

Acabou o sexo, acabou o homem.

Não adianta reposição hormonal, porque vai forçar o organismo a fabricar um pouco de hormônio, que quando lançado na corrente sanguínea, fará ter mais poucos momentos de prazer, que está cada vez mais terminando.

Acreditar, gostar ou não, problema de cada um.

Cada um tem o livre arbítrio para escolher o que melhor para si mesmo.

Mas o que pecar contra mim violentará a sua própria alma; todos os que me odeiam amam a morte. Provérbios 8:36

 

Os homens se homossexualizaram e as mulheres se lesbificaram. Romanos 1:22 à 32

 

Farei que os homens sejam mais raros do que o ouro puro, sim mais raros do que o ouro fino de Ofir. Isaías 13:12 20-

Não haverá mais nela criança para viver poucos dias, nem velho que não cumpra os seus; porque morrer aos cem anos é morrer ainda jovem, e que, quem pecar só aos cem anos será amaldiçoado. Isaías 65:20

 

"Ora, Deus não é de mortos, mas sim, é Deus de vivos. Por isso vós errais muito, ou, laborais em grande erro.” (Marcos,C.12,v.27)

"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito na verdade, está pronto, mas, a carne é fraca.

" Mateus,C.26,1.41 "

 

Assim, pois, cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus". Rom., C.14,v.12

 

Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal.  2 Coríntios 5:1

O caminho para a vida é daquele que guarda a instrução, mas o que deixa a repreensão comete erro. Provérbios 10:17

 

A vida eterna aos que, com perseverança em fazer bem, procuram glória, honra e incorrupção;

Romanos 2

 Para dar no que pensar:

Um homem quando ejacula, expele mais ou menos em torno de 300, trezentos milhões de espermatozóides.

Abaixo de 80(oitenta milhões é considerado estéril, ainda porque  nem todos os espermatozóides têm a propriedade de fecundar.

 

Super população na Terra?

Muitos comentam fazendo a observação de que, se...todos os mais de trezentos milhões de espermatozóides de todos os homens fecundarem,

não haveria super população?

Observem bem:

Para fecundar, basta um espermatozóide. O resto é jogado fora.

Um desperdício de energia, e extermínio de vida.

Para um casal com três filhos, foram gastos 900.000.000, novecentos milhões.

Disso tudo, foram utilizados só três espermatozóides.

Ao longo dos anos  de vida de casados, quantos espermatozóides, quanta energia posto fora, só pela realização dos instantes de prazer com a fornicação, a ejaculação?

Toda esta energia poderia ser reaproveitada, se... fosse orientada, canalizada, para dentro do corpo, para que seja realizada a sublimação e a transmutação e regeneração sexual.

Com isto, melhora a sensação física, gratifica mais psicologicamente, porque aumenta, prolonga o tempo do ato sexual, permitindo aumento e troca de energias pelo eletromagnetismo, aumentando a atração sexual, em vez de diminuir e desaparecer, permitindo assim maior intensidade na manifestação de amor, carinho, afeto, e tudo o mais que de bom pode haver, para aquilo que todos buscam e esta cada vez mais difícil de se encontrar, a verdadeira vida a dois, com a felicidade de amar e ser amado.

A sublimação sexual pode ser um bom anticoncepcional sem precisar usar todo um “arsenal de guerra”, camisinhas, dius,  pílulas anticon- cepcionais, “espermaticidas”,etc...etc... contra os espermatozóides.

Buscar a felicidade a dois, com a sublimação e a transmutação sexual, isto, só é possível  de se realizar às custas de muito esforço para realizar as reformas , mudanças internas  de ser, pensar, falar,  sentir e agir, com o rever dos conceitos,e a reavaliação dos valores, com adaptação as novas percepções das  realidades  que mudam constantemente, que se fazem necessárias para a construção e do auto aperfeiçoamento do novo homem(sentido filosófico, homem e mulher)  surgindo assim  uma nova humanidade.

 Renunciai à vida passada, despojai-vos do homem velho, corrompido pelas concupiscências enganadoras.
Renovai sem cessar o sentimento da vossa alma,
e revesti-vos do homem novo, criado à imagem de Deus, em verdadeira justiça e santidade. Efésios 4:22-24

Não adianta querer se revestir do homem novo,

se... continuar com os maus hábitos do homem velho.

Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto;

porque sem mim nada podeis fazer. João 15:5

 

"Ora, Deus não é de mortos, mas sim, é Deus de vivos. Por isso vós errais muito, ou, laborais em grande erro.” (Marcos,C.12,v.27)

 

O “ego” feminino, desde pequeno, na sua formação, é ensinado e aprende a se preparar para que um dia  venha a se tornar mãe.

Porém...se... o homem chegar com a conversa de que não se deve ejacular, o centro do instinto sexual da mulher, que o ego domina ou é dominado, não vai gostar, e vai reclamar, voltando-se contra o homem, exigindo que ele ejacule dentro dela, condição esta para que  ela engravide para que se auto realize como mãe.

É importante que a mulher também tenha o conhecimento sobre sublimação e transmutação sexual, para ajudar o homem no autocontrole, evitando a ejaculação.

Bom para os dois.

Não adianta alguém querer se tornar monge, e entrar para um mosteiro, “achando” que assim estará fugindo das tentações do mundo, pensando na castidade como afastamento do contato físico com a mulher é que irá se livrar do mal das tentações.

Ele estará sujeito a tentação de praticar a masturbação, com a ejaculação, sob o a influência das entidades das trevas que o incitam a tal prática.

Se... continuar com a fornicação...a ejaculação, no ato sexual entre o homem e a mulher,não vai adiantar nada, e...pior será com a masturbação, que joga vida fora em troca de nada, ou, troca pela morte.

Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.

Mateus 26:41

A alegria, a satisfação, é a felicidade do homem quando vê que consegue ainda colocar o “picus fálicus erectus”. Ficar com o “pênis ereto”.

Neste  momento ele sente que está vivo, porque sente força da potência da virilidade da vida ainda dentro dele.

Com a ejaculação ao longo do tempo, o homem perde o desejo sexual com a perda da LIBIDO, ficando só na relembrança, avaliando o quanto poderia ser bom se pudesse voltar àqueles tempos.

O homem é o único animal que pratica o sexo sem o objetivo de fecundar, e sim, só pelo prazer de ejacular.

Vive como se o único motivo para viver fosse pelo prazer de praticar o sexo com ejaculação, porque senão a vida não teria “graça” nenhuma.

 

O ejaculador precoce, não tem domínio próprio, mental, emocional, sem fé, sem conhecimento nenhum, etc...etc... e se acostumou a querer buscar rapidamente o gozo da ejaculação sem controle nenhum, perdendo assim o prazer de sentir por mais tempo antes de ejacular.

A energia sexual está presente, não somente no ato sexual entre o homem e a mulher.

Ela está presente  física, mental, psicológico, psiquicamente, e até espiritualmente, em todos atos da vida do homem, no pensamento, nas palavras e nas ações, para gozo e satisfação com tudo isso, enquanto se sabe mantê-la dentro de si, no corpo que é o Templo onde DEUS habita.

Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? 1 Coríntios 6:19

Mas ele falava do templo do seu corpo. João 2:21

 

Caso, porém, não se dominem, que se casem; porque é melhor casar do que viver abrasado.

1 Coríntios 7:9

Porém, com a continuação da fornicação, a ejaculação, o “fogo abrasador”, acaba.

Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?1 Coríntios 3:16

 

Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.1 Coríntios 3:17

 

 Fugi da fornicação. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que fornica peca contra o seu próprio corpo.1 Coríntios 6:18       

 

Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 6:23

 

Observe o seguinte: Uma prostituta, considerando que para manter o padrão de vida que deseja ter, seja qual for o nível social, mantém no mínimo 5(cinco) programas por dia.

Têm muitas que fazem muito mais do que isto. E bem moças. Em média, a partir dos quatorze anos.

Então, por dia, uma prostituta recebe uma carga de 1500.000. (um milhão e quinhentos mil espermatozóides).

Avalie então, em dez anos de atividade, em torno de quanto uma prostituta receberá  de espermatozóides lançados nela.

Não sabeis que vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, então, os membros de Cristo e os farei membros de uma prostituta? De modo algum!
Ou não sabeis que o que se ajunta a uma prostituta se torna um só corpo com ela? Está escrito: Os dois serão uma só carne {Gn 2,24}. Pelo contrário, quem se une ao Senhor torna-se com ele um só espírito. I Coríntios 6:15-17


Os “átomos”  decorrentes da morte dos espermatozóides, e do sêmen que, contêm a “vida” jogada fora por dinheiro como comércio para satisfação do “ego”, perder a vida ejaculando com a prostituta, irão se unir  as auras eletromagnéticas  individuais dos dois., constituindo assim, a mácula, a imoralidade sexual da espiritualidade., transmutada para o mal, para morte.

 

Não esquecendo que, quem está lendo o que está escrito aqui, também já foi um espermatozóide.

Já pensou, ter  uma oportunidade de ganhar a vida, e conseguir vencendo a competição com outros milhões de espermatozóides?

Cada  espermatozóide, é praticamente um ser humano em potencial.

Mas, em dez anos de casado, com três filhos o casal gastou 900.000.000 de espermatozóide, para somente três fecundarem.

Em dez anos quantos atos sexuais, não tiveram o propósito de realizar a fecundação, e, somente lançar fora toda esta energia, que poderia e pode ser reaproveitada, reciclada com a sublimação e a transmutação para dentro do corpo, realizando a regeneração do corpo, o Templo de Deus.

Não é de uma hora para outra que alguém vai conseguir tal intento, propósito.

É raro alguém conseguir, em seguida.

É preciso, conhecimento desta ciência, muita força de vontade, CALMA, PACIÊNCIA, FÉ EM DEUS E JESUS CRISTO, E PERSEVERAR NO INTENTO DE REALIZAR TAL PROPÓSITO.

Não é  no primeiro dia que alguém entrando para uma academia vai conseguir fazer exercícios com pesos muito grandes.

Já pensou, o “guri”, logo em que as primeiras sensações eróticas, com o início das atividades das glândulas sexuais,  se masturba com as fotos de mulheres nuas?

E depois, na medida em que vai crescendo, cobrado  pela cultura social, ele tem que mostrar que é homem, macho, viril, e para provar a si mesmo tudo isso, gasta todo o seu potencial  energético sexual, não querendo perder nenhuma oportunidade de satisfazer os desejos do seu ego.

Os antigos garanhões, hoje, têm que tomar remédios, estimulantes sexuais, e assim mesmo, não podem abusar da quantidade de  comprimidos no uso.

Outra parte, do gênero masculino,  passou para o  homossexualismo, e as mulheres se lesbificaram. Romanos 1:22 à 32

A nova geração se drogou.

E os machos que sobraram, conseguindo escapar desta “loucura toda”,  como a oferta  já maior que a procura, já antes dos 30(trinta) anos, já têm que usar

tais  estimulantes, por que já estão esgotados, exauridos daquela energia jogada fora , que tanto prazer proporcionou a eles.

Avalie então, o astral sexual,  a atmosfera invisível carregada de sexualidade, em redor da Terra,  ao longo dos tempos, desde que surgiu o primeiro homem ejaculador, fornicário.

 

 

A MÁCULA.

O astral, ou atmosfera invisível, contendo OS ÁTOMOS de toda aquela gama de radiação energética mortal devido ao acúmulo de todos os espermas contendo os átomos dos espermatozóides, que morrem ao serem lançados para fora do organismo do homem em cada ejaculação, e que se acumulam na “aura”, do “campo eletromagnético” em torno do homem e da mulher.

Com tantas  guerras, doenças, o homem(sentido filosófico, homem e mulher) sofreu o indizível para chegar até ao ponto onde está, que ele chama de evolução.

Avalie o quanto foi gasto de esforço necessário para realizar estes eventos, bons e maus.

Quanto foi gasto de energias provenientes do sangue, suor, e sêmen.

Já foi dito que, entre um ato sexual e outro, o homem constrói uma civilização e depois a destrói.

Numa linguagem bem popular, dizem que, entre uma “trepada” e outra, o homem constrói uma civilização e depois a destrói.

No ato sexual, pode-se ganhar ou encontrar  a vida ou a morte. Cada um tem o livre arbítrio, para escolher, optar pelo que deseja para si mesmo.

Eis que todas as almas são minhas; como o é a alma do pai, assim também a alma do filho é minha: a alma que pecar, essa morrerá.   Ezequiel 18:4 Versão Almeida Revista e Atualizada

 

 “Falai aos filhos de Israel e dizei-lhes: Qualquer homem que tiver fluxo seminal do seu corpo será imundo por causa do fluxo.” Levítico 15.

 

 

Esta é a lei daquele que tem o fluxo, e daquele de quem sai o sêmen da cópula, e que fica por eles imundo; Levítico 15:32

Também o homem, quando sair dele o sêmen da cópula, toda a sua carne banhará com água, e será imundo até à tarde.Levítico 15:16

Também toda a roupa, e toda a pele em que houver sêmen da cópula se lavará com água, e será imundo até à tarde.

Levítico 15:17       Fluxo seminal.

 

A consciência baseada na percepção que se tem da vida, é de um estado tão degenerado que acham, evidente, óbvio, natural, normal, a aberração da mentira de como se deve utilizar do sexo só visando o orgasmo da ejaculação. Quando vem a lei do Retorno, sofrem as conseqüências da degeneração, a decadência, física, mental, intelectual e a angústia de não perceberem o que é realmente a vida e a razão da sua existência, e continuam sem entender nada, achando que estavam certos, na fornicação da ejaculação

Eu vim para que tenham vida, e para que tenham em abundância.”(S.João, C.10,v.10) “…amaram mais as trevas(fornicação) do que a luz”.(João:3:19)

Saber a bíblia de cor, não é garantia de salvação.

E saber de cor também, todas as escrituras sagradas, de todas as religiões do mundo, só aumenta cultura geral.

O importante é saber, como é que cada um vai empregar para o bem ou para o mal, dos outros ou de si mesmo, o conhecimento que obtém  na vida.1

Nem tão pouco, é garantia de potência sexual, “achando” que terá para sempre, aqueles que sabem de cor tudo isso, ainda que tenha phDs(grau de doutores) em Teologia, achando que sempre terão, e nunca vai acabar essa potência sexual, porque dizem que acreditam e confiam em DEUS.

Mas a questão é que, o fenômeno biológico da degeneração sexual, com a decadência física mental, e até intelectual é o mesmo para todos, desde o mais crente, até o ateu mais convicto.

O meu povo está sendo destruído por que lhe falta o conhecimento. Oséias 4:6

Pois o povo que não tem entendimento, será castigado, ou corre para a sua perdição. Oséias 4:14

a alma que pecar, essa morrerá. Ezequiel 18:4

 

Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; 
Versão Almeida Revista e Atualizada

 

Porfiai por entrar pela porta estreita; porque eu vos digo que muitos procurarão entrar, e não poderão Lucas 13:24

 

A quantidade de energia sexual posto fora, poderia ser, ou poderá ser "reciclada" para dentro do corpo, com a sublimação e a transmutação sexual, que é o Templo onde DEUS habita.

1 Coríntios 3:16, e assim beneficiar o corpo físico, mental, psicológico, psíquico, intelectual, e até mesmo espiritual, e os demais corpos físicos terrestres, e os corpos espirituais.

 Muitos dizem que esta teoria não é comprovada cientificamente.

 Mas, lembre-se de que quando há um jogo principal num campeonato de futebol, o time é posto em "concentração”, para que não se desgastem com cigarros, bebidas, e principalmente, não se desgastarem lançando fora a energia sexual nos atos sexuais com as mulheres, ou, na

masturbação, para que acumulando no físico, liberem com força no jogo, para agüentarem jogar melhor o tempo todo. Depois que passa a temporada do campeonato, gastam mais energia sexual, caindo a qualidade do seu futebol, entrando no "ostracismo", esquecimento, e o que é pior, engordando muito, como todos que gastam as suas energias sexuais, acabam criando barriga, por causa de um prazer que vai terminando por outro prazer de comer muito, para compensação da perda do outro. 

Atualmente, os técnicos não se utilizam mais deste método, porque não creem mais naquele  dá concentração para evitar a ejaculação.

Avalie você mesmo.

Um grande "pugilista" brasileiro, disse numa reportagem que, antes da luta, ficava duas semanas em concentração. O galo de "rinha”, é o que briga, e só é posto com a galinha, para reprodução, depois que deixa o "rinhedeiro". O galo gordo, balofo, que vive "galando" as galinha é o que vai para panela.

Em exposição de animais, ninguém vê boi castrado, ele vai para "canga", Só se vê touro, inteiro, valorizado pela capacidade e  na qualidade genética para a reprodução.

Com os cavalos, a mesma coisa. Cavalo castrado, vai para a carroça, os baguais”, inteiros, o melhor tratamento.....

 

O propósito desta apostila, é divulgar e instigar, despertar o interesse para a pesquisa sobre o assunto, para obterem mais algum conhecimento sobre a prática sexual, e também, para chamar atenção sobre o erro de interpretação que fazem dos conhecimentos que adquirem na vida, sobre o sexo, e a sexualidade, e que, em vez de ajudarem a resolver "alguns" problemas  que surgem nas práticas“sexuais” agravam, piorando mais a situação, ficando mal resolvidos e frustrantes os resultados.

Calma! Calma! Não é de uma hora para outra que alguém vai conseguir realizar tal propósito, e colocar os desígnios de sublimar e transmutar a energia sexual praticando o ato sexual sem a ejaculação, a fornicação.

É muito importante para realizar a sublimação, a transmutação e a regeneração sexual, calma, paciência e serenidade, intuição, porque o aprendizado é lento, gradativo e precisa conhecimento de causa sobre sublimação, transmutação e regeneração sexual, aumentando o autoconhecimento, meditando, orando e muita fé em DEUS e Jesus Cristo.

Quem muito receber, mais lhe será acrescentado, mais vai receber. E aquele que pouco receber, até o pouco lhe será tirado. Mateus 25:29

....E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá. Ou...quem mais receber, mais lhe será exigido. Lucas 12:48

A sublimação, a transmutação sexual, e a virtude da castidade, não são abstenção sexual, e sim, evitar a perda da energia sexual na ejaculação no ato sexual.

Pesquise mais sobre o assunto.

Acima de tudo e de todos, de qualquer conhecimento,

de qualquer interpretação, permaneça

 

A FÉ EM DEUS

E EM NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

 

Eu vim para trazer fogo sobre a terra e como gostaria que já estivesse em chamas!  Lucas 12:49

Eu vim lançar fogo à terra, e que tenho eu a desejar se ele já está aceso?

Amados, não se surpreendam com o fogo ardente que surge no meio de vós, destinado a provar-vos, como se alguma coisa extraordinária vos estivesse acontecendo. 1 Pedro 4:12

Para este fogo para o qual Pedro se refere, é bom para os interessados em praticar a sublimação, transmutação e a regeneração sexual, terem conhecimento também da

 Hatha-Yoga, Tantra-Yoga, e Kundalini –Yoga.

 

Para quem  gosta do estudo comparado “universalista”das religiões, pesquise também sobre estes assuntos, ou temas.

Crer ou não crer, problema de cada um.

Mas, é bom ter o conhecimento para que cada um tenha o livre arbítrio  da escolha.

 

E, se alguém cuida saber alguma coisa, ainda não sabe como convém saber.  1 Coríntios 8:2

Examine tudo e retendes o melhor. 1º Tessalonicenses 5:21

O meu povo está sendo destruído por que lhe falta o conhecimento. Oséias 4:6

Pois o povo que não tem entendimento, será castigado, ou corre para a sua perdição. Oséias 4:14

 

A obra máxima, ou a GRANDE, MAGNUS OPUS, QUE CADA UM DEVE REALIZAR, é construir através do seu corpo, praticando o sexo sem a fornicação, a ejaculação, para sublimar, transmutar e regenerar com as energias sexuais para construção do rela Templo do DEUS VIVENTE, em que o sexo é a pedra fundamenta básica da construção.

Alguns ensinam que o fogo, é a PALAVRA DE DEUS, que quando pronunciada sai como fogo. Também serve.

“Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam…” Salmos 127:1

 

Mas, observa-se que, os que já apagaram o seu “fogo”, o que sai da boca é um pronunciar  de palavras  mecânica e papagaiadamente.

Mas todos que experimentaram concordam que, o bom do casamento é somente enquanto existe aquele “fogo” da paixão com o prazer sexual.

Por não saberem como manter aquele fogo acabam sofrendo muito.

O prazer intenso do orgasmo com que o homem ejacula,  com o tempo, o fogo vai se acabando, e por fim nada resta, a não ser a lembrança de quando tinham o fogo, e que era “feliz” e não sabia,  e sente que, o tempo passou e a vida se foi, e também sentindo com aquela “impressão” de que está ficando para trás, entrando no ostracismo, esquecimento.

Isto porque, depois que acaba o fogo, acaba a atração sexual, e o sexo perde a “graça”, vira monotonia, e por fim, surge até a aversão entre os corpos,  porque perderam a atração eletromagnética, porque apagou a Luz da Vida no corpo.

Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;
E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.
Mateus 7:13,14

 

 “ PEDRA QUE OS EDIFICADORES REJEITARAM TORNOU-SE A CABEÇA DA  ESQUINA”. Salmo 118: 22

 

O sexo é Cabeça da esquina ou “pedra  angular de esquina” da construção do Templo biológico do corpo e os demais corpos , terrenos e espirituais.

 

Querer  aperfeiçoar  a “espiritualidade”, iniciando  em primeiro lugar a obter os conhecimentos, religiosos, espirituais, como “controle e domínio mental”,  “parapsicologia”, mediunismo,  mediunidade, etc...etc... é semelhante aquele que vai construir a sua casa, começando pelo telhado, e não pela “pedra fundamental” que irá suportar, sustentar a construção.

Quanto maior for a magnitude do delito da fornicação, a ejaculação, maior será a dificuldade para sublimar e transmutar e regenerar o corpo físico, para construir os demais corpos, terrestres e os espirituais, pois, somente com muita fé, força de vontade e conhecimento deste processo, poderá alguém, com idade já adiantada, avançada, conseguir tal propósito de realização, converter a degeneração em regeneração sexual. Por isso, é bom que os jovens tenham informações para terem o conhecimento sobre a sublimação, transmutação e regeneração sexual, enquanto jovens, moços, tal como está escrito:

Ninguém deita remendo de pano novo em roupa velha, porque semelhante remendo rompe a roupa, e faz-se maior a rotura. Nem se deita vinho novo em odres velhos; aliás rompem-se os odres, e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; mas deita-se vinho novo em odres novos, e assim ambos se conservam. Mateus 9:16,17

Sublimação e transmutação nas bodas de Caná.

Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior correrão rios de água viva.   João 7:38

E disse-lhe: Todo o homem põe primeiro o vinho bom e, quando já têm bebido bem, então o inferior; mas tu guardaste até agora o bom vinho.

Jesus principiou assim os seus sinais em Caná da Galiléia, e manifestou a sua glória; e os seus discípulos creram nele. João 2:10-11

Jesus  transformou, transmutou a água viva que dá a vida, no vinho da sabedoria.

Os que não sabem, ou descrêem, jogam fora  a água  que dá a vida.

E a sabedoria que aprendem é sabedoria do mundo.

Sabedoria debaixo, satânica.

É bom pensarem na possibilidade de haver ou não outra reencarnação, para poderem continuar  ou não na autorealização da sublimação, transmutação e a regeneração sexual, e atingirem a Glória de DEUS, que por causa do pecado, erro ao se transgredir a Lei, na ejaculação, todos se destituíram da Glória de DEUS.

Não é fácil não, tentar  reverter o estado de degeneração para o de regeneração sexual.

Porque todos pecaram e destituídos estão da Glória de Deus. Romanos 3:23

Glória quer dizer perfeição.

Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para a Glória de DEUS.1Coríntios 10:31

Como tudo na vida não é o fazer, e sim o como fazer, aí faz a diferença.

Na perseverança conquistareis as vossas almas.

 Lucas 21:19

 

 “Em verdade vos digo que vós os que me seguistes, quando na regeneração o Filho do Homem se assentar no trono da Sua glória, vós também vos assentareis em doze tronos para julgar as doze tribos de Israel.”    Mateus 19.28.

E para se saber o que é a regeneração, tem que ter o conhecimento sobre a regeneração biológica das células do corpo, regeneração dos órgãos, para compreender melhor  o porque, e o que acontece com a prática da sublimação, a transmutação e a regeneração sexual.

Existem duas fontes de energia que permitem e dão vida à Terra.

Uma está no Sol, que está no macrocosmos no mundo externo.

A outra, está no sexo, no microcosmos, no interior de cada um


  Quem é sábio e entendido entre vós? Mostre ele as suas obras pela sua conduta excelente com a brandura que pertence à sabedoria.

14 Mas, se tiverdes ciúme amargo e briga nos vossos corações, não vos jacteis e não mintais contra a verdade.

15 Esta não é a sabedoria que desce de cima, mas é [a] terrena, animalesca, demoníaca.

16 Porque, onde há ciúme e briga, ali há desordem e toda coisa ruim.

17 Mas a sabedoria de cima é primeiramente casta, depois pacífica, razoável, pronta para obedecer, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, sem hipocrisia.

18 Além disso, o fruto da justiça tem a sua semente semeada sob condições pacíficas para os que fazem paz. Tiago 3:13-18

Casta, aqui é no sentido de que se pode falar de sexo, para o ensinamento, mas sem a malícia que incita a imaginação para o ato sexual com a  fornicação, a ejaculação.

Para que ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos. A serem moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas a seus maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada.  Tito 2:4-5

Quer dizer que, as mulheres, esposas, não devem cobrar sexo demais dos seus maridos.

Isto porque, independente de denominações religiosas, o fenômeno biológico da degeneração sexual, com fornicação, a ejaculação é igual para todos, tanto  para os “crentes” como para os “ateus”.

 

Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma? Ou, que daria o homem pelo resgate da sua alma? Porquanto, qualquer que, entre esta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu pai, com os santos anjos. Marcos 8:36-38

 

Quanto aos assuntos sobre os quais vocês escreveram, é bom que o homem não toque em mulher,

2mas, por causa da imoralidade, cada um deve ter sua esposa e cada mulher o seu próprio marido.

3O marido deve cumprir os seus deveres conjugais para com a sua mulher, e da mesma forma a mulher para com o seu marido.

4A mulher não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim o marido. Da mesma forma, o marido não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim a mulher.

5Não se recusem um ao outro, exceto por mútuo consentimento e durante certo tempo, para se dedicarem à oração. Depois, unam-se de novo, para que Satanás não os tente por não terem domínio próprio. 1Coríntios 7:1-6

 

“O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido. A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher. Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência. Digo, porém, isto como que por permissão e não por mandamento” 1 Coríntios 7:3-6.

Gostaria de vê-los livres de preocupações. O homem que não é casado preocupa-se com as coisas do Senhor, em como agradar ao Senhor.

33Mas o homem casado preocupa-se com as coisas deste mundo, em como agradar sua mulher,

34e está dividido. Tanto a mulher não casada como a virgem preocupam-se com as coisas do Senhor, para serem santas no corpo e no espírito. Mas a casada preocupa-se com as coisas deste mundo, em como agradar seu marido. 1Coríntios 7:32-34

 

Porque quereria que todos os homens fossem como eu mesmo; mas cada um tem de Deus o seu próprio dom, um de uma maneira e outro de outra.
Digo, porém, aos solteiros e às viúvas, que lhes é bom se ficarem como eu.
Mas, se não podem conter-se, casem-se. Porque é melhor casar do que abrasar-se.
1 Coríntios 7:7-9

Ou conforme versão:

É melhor casar do que viver abrasado.

Mas, com a fornicação, a ejaculação, ao longo do tempo, o fogo da paixão apaga, e o “abrasamento”

termina, e o que continua, vira monotonia, a tal ponto que a carne não atrai mais, pois perdeu a luz da vida.

Vale repetir

A degeneração sexual é tão grave que o "guri” começa a perder esta energia aos dez, onze  anos com as primeiras masturbações com o surgimento do hormônio.sexual, e depois, com a liberação sexual, sai transando com muitas mulheres. Mas, quando chega a casar aos vinte anos, já está mal das pernas. A nova geração já vem com a condição genética hereditária enfraquecida, não pode abusar do "viagra",em quantidade de comprimidos, porque  afeta o coração, e esquecem que têm trinta, quarenta anos pela frente.

Não há organismo que agüente.

 Por isso, os casamentos, de hoje não duram um ano, e olhe lá, já é muito. E quando se separam, vão buscar os mais novos cheios de energias, até esgotá-los, e assim vão passando de um para outro. Com isso, só desenvolvem uma psicologia negativa pessimista em relação ao outro.

Repetir o que se fala entre os famosos: A fila andou.

Vale aqui repetir:

A degeneração sexual afeta, influenciando outros setores da atividade humana, como o meio esportivo. Há alguns anos atrás, antes do principal jogo de um campeonato de futebol, a equipe ficava na "concentração”, para que fosse evitado o desgaste com o fumar, beber, e evitar o ato sexual para não gastarem as  energias sexual, para que acumulando no organismo para o aspecto físico, viessem a liberar no jogo.

Quando havia corridas de cavalos nos hipódromos, era e é segredo dos tratadores, que, se quisessem que o favorito perdesse, deveria ser colocado com uma fêmea antes, para que chegasse “babando” lá atrás.

Um conhecido e famoso “pugilista” brasileiro, disse certa vez que, antes das lutas, ficava em concentração muitos dias, para aproveitar o acúmulo da energia sexual.

Um outro famoso atleta olímpico que bateu o recorde nos cem metros, foi desclassificado e perdeu a medalha de ouro, porque foi descoberto que tinha tomado "hormônio de boi”.

Para que tomar hormônio de outros bichos se, o organismo humano fabrica os seus hormônios próprios, que podem suprir as necessidades físicas, mentais e até espirituais.

Os grandes mestres da música, artes plásticas e escritores sabiam disso tudo, e aplicavam a sublimação sexual nas suas artes.

 

Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre. João 7:38

Rios de água viva, é o sêmen, Cristônico, com as emanações fluídicas irradiadas das energias sexuais purificadas, sublimadas e transmutadas, para dentro do corpo, que é o Templo de DEUS, fazendo parte da composição química com as outras substâncias fabricadas pelos demais órgãos que compõe o corpo, criando as energias vitais da vida”, dão vida ao corpo, a Alma, e os demais corpos, físico, mentais, e espirituais. Ou, ao corpo animal e ao corpo espiritual.

Com o ato sexual praticado com a ejaculação, a fornicação, os rios de "água viva", que deveriam correr para dentro e para cima no interior de cada um, com a sublimação e a transmutação sexual, e que, ao invés disso, correm, escoam com a ejaculação, a fornicação, para fora do corpo terrestre, o Templo onde DEUS, habita, 1 Coríntios3:16-17, promovendo a secura interna de vida.

Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo.

Romanos 14:17

Mas, o que se está observando e constatando, é que, a alegria está diminuindo, e o que está aumentando cada vez mais é a amargura.

 

E o terceiro anjo tocou a sua trombeta, e caiu do céu uma grande estrela ardendo como uma tocha, e caiu sobre a terça parte dos rios, e sobre as fontes das águas.
E o nome da estrela era Absinto, e a terça parte das águas tornou-se em absinto, e muitos homens morreram das águas, porque se tornaram amargas.
Apocalipse 8:10,11

 

Constata-se que, cada vez mais que,  não somente as águas naturais,dos rios que correm pela Terra, estão diminuindo e que, estão cada vez mais impróprias para o consumo devido  ao grande aumento da poluição.

Verifica-se que, com a fornicação, a ejaculação, quando lança para fora do corpo, o Templo de DEUS, as energias vitais da vida, a transmutação  sexual, cria, aparece,surge,  o vazio existencial pela sensação da falta de vida,a secura de vida, tornando-se amargas a existência  interior.

 

esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que vos abstenhais da fornicação;
Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra;
Não na paixão da concupiscência, como os gentios, que não conhecem a Deus. Ninguém oprima ou engane a seu irmão em negócio algum, porque o Senhor é vingador de todas estas coisas, como também antes vo-lo dissemos e testificamos.
Porque não nos chamou Deus para a imundícia, mas para a santificação.
1 Tessalonicenses 4:3-7

É impossível haver purificação e santificação praticando a fornicação, a ejaculação.

Fugi da fornicação. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que fornica peca contra o seu próprio corpo. 1 Coríntios 6:18

 

 

 Conceito Bíblico de LIBERDADE

 Todas as coisas me são lícitas, (se podem fazer) mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, (se pode fazer) mas eu não me deixarei dominar por nenhuma. 1 Coríntios 6:12

Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm ( fazer); todas as coisas me são lícitas( se podem fazer), mas nem todas as coisas edificam. 1 Coríntios 10:23

Mas vede que essa liberdade não seja de alguma maneira escândalo para os fracos.1 Coríntios 8:9

Quer dizer que, todos podem fazer o que quiserem, mas, pergunta se, se é conveniente fazer tudo o que se quer fazer?,

Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor. Gálatas 5:13

Ocasião a carne, quer dizer, escravos dos vícios.

1 Timóteo, C4

1 Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios,

2 pela hipocrisia dos que falam mentiras e que têm cauterizada a própria consciência. Prometendo-lhes liberdade, sendo eles mesmos servos da corrupção.

Porque de quem alguém é vencido, do tal faz-se também servo. (ou escravo) 2 Pedro 2:19

Vencido por qualquer vício, torna-se escravo dele. Porque melhor é que padeçais fazendo bem (se a vontade de Deus assim o quer), do que fazendo mal.

1 Pedro 3:17

 

 

Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.
Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, sendo consumado, gera a morte.
Tiago 1:14,15

 

Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor. Romanos 6:23

 

Ora, o último inimigo que há de ser aniquilado é a morte.

1 Coríntios 15:26

 

Concupiscência concebida, é satisfação do ego em realizar suas fantasias, seus desejos  sexuais fornicando, terminando o ato sexual com ejaculação.

 

“Examinai tudo e retende o bem; ou, examinai tudo e retendes o que é melhor". 1°Tessalonicenses, C.5,v.21)

*Ao que tem, ou, quem mais receber, mais se dará, ou, mais receberá, ou mais lhe será acrescentado; ao que não tem, ou, pouco recebeu, até o pouco que recebeu lhe será tirado".S. Lucas, C.12,v.48)

“A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito mais lhe será pedido, ou exigido",1° Tessalonicenses, C.5,v.21

 

3- "Porque pela graça, que me é dada, digo a cada um dentre vós que não saiba mais do que convém saber, mas que saiba com temperança, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um." Romanos 12:2-3

 

1 - MEUS irmãos, muitos de vós não sejam

mestres, sabendo que receberemos

o mais duro juízo.TIAGO 3:1

12 – Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitaisde leite, e não de alimento sólido. He 5:12

"Por que vocês me chamam “Senhor, Senhor" e não fazem o que eu digo? Lucas 6:46

Há contradição, incoerência, criando um paradoxo, (Selá, quer dizer,pense nisso) entre o conhecimento que se tem, pensando uma coisa, saber e falar outra, e agir, fazendo muitas vezes, completamente diferente, ao contrário.

Ele, respondendo, disse-lhes: Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos céus, mas a eles não lhes é dado; Mateus 13:11

Quem crê em mim, como diz a Escritura,

do seu interior correrão rios de água viva.

João 7:38

A água que eu lhe der será nêle uma fonte a

jorrar para a vida eterna”.João 4:14

Eu Sou a ressurreição e a vida;

quem crê em mim,ainda que esteja morto, viverá;

E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. (João 11:25-26)

Falando novamente ao povo, Jesus disse:

"Eu sou a luz do mundo”.

Quem me segue, nunca andará em trevas, mas terá a luz da vida". João 8:12

LUZ DA VIDA, todos ganham quando uma mulher tornando-se mãe dá à luz a uma criança.

E esta luz da vida advém através do sexo no ato sexual ao se realizar a transmissão genética perpetuando a vida na face da Terra.

E depois, com o passar do tempo, e na continuidade da prática do ato sexual mais pelo prazer do ato em si mesmo com a ejaculação, que é a fornicação, do que com a finalidade de fecundação, onde é lançada a "vida fora", nos milhões das "divinas sementes ( sêmen+te), os espermatozóides, no líquido da" água viva”, o esperma, que deveria permanecer dentro do corpo, sem a ejaculação, para que haja, aconteça, se promova a sublimação, a transmutação e a regeneração sexual, dando e permanecendo a vida substância da composição das combinações bioquímicas, que dão a sensação de estar vivo,  para que se tenha a "luz da vida". Não interessa quantos atos sexuais se praticara, o que importa é que não haja ejaculação, retendo as energias sexuais para dentro do corpo, o Templo onde DEUS habita,1 Coríntios 3:16 Com a ejaculação, que é a fornicação, perde-se a vida, ficando cada vez mais mortos, mortos-vivos, ainda que “achem"que estão vivos. Daí, aquele versículo. Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos. Mateus 8,22, Lucas 9: 59-60 E"mortos” não são somente aqueles que não receberam, continuando sem conhecer a "palavra de DEUS.

Mortos, tanto faz, aqueles que não receberam e não se tornaram conhecedores da palavra de DEUS, como também, àqueles que, ainda que tenham conhecimento da "palavra de DEUS”, e tenham grande estudos, com phDs(grau de doutor) em Teologia, mas que praticando a fornicação, a ejaculação, em qualquer ato sexual, inclusive e o pior, a masturbação, porque joga a vida fora em troca de nada, a não ser o prazer de morrer ejaculando, todos que procedem assim, estão mortos, cada vez mais mortos, sobressaindo-se apenas, e cada vez mais, a “Luz Intelectual”, por um grande acúmulo de informações intelectuais sobre as diversas maneiras de se interpretar a “palavra de DEUS”. A luz intelectual com a quantidade de informações que vão obtendo, e que, em muitos o nível do saber ultrapassa o nível de “ser”, ficando a mente meramente intelectualizada, serve para ter o “conhecimento” que, com a configuração, construção de novas idéias,  para criarem aquela teoria pela qual procuram explicar tudo, não somente  aos outros, mas também a si mesmo,serve para iluminar, clarear as trevas da “ignorância intelectual” todos têm, e cada vez mais, pelo conhecimento que vão adquirindo na vida, bom ou mau, para o bem ou para o mal. Para a vida ou para a morte.

Mas, esta não é a “luz da vida", que só se obtém a sua manutenção e aumento desta luz, com a prática do ato sexual, sem a ejaculação que é a fornicação.

E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho.

Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida.

 

Eu Sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. O ladrão não vem se não a roubar, a matar, e a destruir;

eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.João 10:9,10

 

“Tende cuidado e guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui' (Lucas 12:15, 22 à 25). ? 22.

 

Jesus voltou-se então para seus discípulos: Portanto vos digo: não andeis preocupados com a vossa vida, pelo que haveis de comer; nem com o vosso corpo, pelo que haveis de vestir.

 

23. A vida vale mais do que o sustento e o corpo mais do que as vestes.

24.Considerai os corvos: eles não semeiam, nem ceifam, nem têm despensa, nem celeiro; entretanto, Deus os sustenta. Quanto mais valeis vós do que eles? 25.Mas qual de vós, por mais que se preocupe, pode acrescentar um só côvado à duração de sua vida? Estas coisas vos escrevo, a vós que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que tendes a vida eterna. 1 João 5:11,12,13

Romanos 8:1à 14

1 Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.

2 Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.

3 Porquanto o que era impossível à lei, visto que se achava fraca pela carne, Deus enviando o seu próprio Filho em semelhança da carne do pecado, e por causa do pecado, na carne condenou o pecado.

4 para que a justa exigência da lei se cumprisse em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.

5 Pois os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito.

6 Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz.

Na perseverança conquistareis vossas vidas.

Monges da Trindade

Ou, em João 4: 7 a ÁGUA VIVA

Veio uma mulher de Samaria tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá- me de beber.

Porque os seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida. Disse-lhe, pois, a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana? (porque os judeus não se comunicam com os samaritanos). Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva. Disse-lhe a mulher: Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo; onde, pois, tens a água viva? És tu maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu o poço, bebendo ele próprio dele, e os seus filhos, e o seu gado?

 

 

Respondeu-lhe Jesus: Todo aquele que beber

desta água tornará a ter sede,

14 - mas o que beber da água que eu lhe der

jamais terá sede. Mas, a água que eu lhe der virá a ser nele fonte de água, que jorrará até a vida eterna.

Ou, que jorrará para a vida eterna.

 

Ou ainda conforme versão bíblica: Jesus respondeu: “As pessoas que bebem desta água depressa ficam com sede. Mas a água que eu lhes der torna-se numa fonte dentro delas, dando-lhes vida eterna.

"Aquele, porém que beber da água que eu lhe der, nunca mais terá sêde, para sempre: pelo contrário,

a água que eu lhe der será nêle uma fonte a jorrar

para a vida eterna". “Disse a mulher: Senhor, dá-me dessa água para que eu não tenha mais sede, nem precise vir aqui buscá-la.

Acudiu-lhe Jesus: Vai, chama teu marido aqui."

"Ao que respondeu a mulher: Não tenho marido.

Replicou-lhe Jesus: Bem disseste, não tenho marido. Porque cinco maridos já tiveste, e esse que agora tens não é teu marido; isto disseste com verdade."

 S. João,C.4,v.10 a 18

 

 

Com os cinco maridos a mulher perdeu a energia da vida, como as virgens que gastaram o azeite das lâmpadas, a que se refere o capítulo 25 de S. Mateus. E com este atual, Jesus ensinou como proceder para que não houvesse perda da energia sexual, e não sentir a sede de viver a vida que ficam todos na mesma situação pelo desgaste da energia sexual, de tanto amarem sexualmente com fornicação.

 

Ainda em: S. João,C.7,vs.37,38 "Se alguém tem sêde, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu ventre, ou interior sairão, ou fluirão Rios de Água Viva."

Que água contém a vida? Que água contém o fogo? O sexo, o sêmen, o esperma, os hormônios, as energias sexuais e tudo o que está envolvido com elas, para que haja a substância com a consciência Crística da vida no corpo, dando “fôlego da vida para que o homem se torne alma vivente."(Gênesis,C.2,v.7) não só dos corpos terrestres, mas também dos corpos espirituais, ou celestiais."(1° Coríntios,C.15.v.40,44). Que água pode matar a sede de viver, que pela falta do uso interno, ou pelo abuso do desgaste das energias sexuais na ejaculação provoca a sensação de morte interna e a secura de vida e a carência de amor? Quem pratica a fornicação e o orgasmo da ejaculação, mata a vida que Deus lhe dá, como um dom gratuito que deveria ser para se manter sempre com vida na vida eterna. E além disso, se torna mais egoísta.

E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida. Apocalipse 22:17

 

 

Jesus mandou chamar o homem atual da mulher que não era seu marido, foi para ensinar como deveria proceder no ato sexual, para manter a vida em si mesmo, e não chegar a morte da vida, jogando fora na ejaculação, a fornicação. Com a fornicação, a ejaculação, com o passar do tempo e o desgaste sexual, físico, mental, e até espiritual, promove a morte ainda em vida, crendo que continua vivo, atingindo até a alma, surge no interior de cada um cada vez mais, o vazio, a fome e a sede de amor paz e vida.

Se... o corpo é o Templo onde DEUS habita 1Coríntios 3:16-17, a mulher deveria, e deve  ser a sacerdotiza que ajuda  o homem a manter a luz da vida no Templo, controlando a sua excitação, provocada por ela, quando mostra fogosa para o homem que ela diz amar.

 

 

 Acaso não sabeis que sois templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá. Pois o templo de Deus é santo e esse templo sois vós” 1 Coríntios 3:16-17

 

13 E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará. Mateus 24:11-12

10-"E o mandamento que me fôra para a vida, verifiquei que êste mesmo se me tornou para a morte."( Romanos,C.7,v.10 )

O mandamento para a vida é: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a Terra, e sujeitai-a;"  Gênesis,C.1,v.28)

E também em Gênesis, C.1,v.24, e S. Mateus, C.19, v.5):"Por isso deixa o homem pai e mãe, e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne.”

Ainda que estejam bem intencionados, todos cometem engano ao interpretarem literalmente a lei no mandamento que diz para se juntarem e procriarem, no sentido de dar continuação à vida na Terra. Não têm conhecimento, muito menos consciência do que realmente envolve tudo isso, e continuam buscando o prazer sexual com a fornicação da ejaculação, que é a concupiscência da carne, que tem como conseqüência a morte, ainda que continuem vivos ao longo do tempo.

Por não saberem identificar os limites, até aonde algo que é bom passa a se tornar um mal, é difícil de acreditar, do como algo que foi por Deus criado, o sexo, para a vida, pode se tornar também para a morte pela sua prática com a ejaculação.

Conforme for o grau da magnitude da intensidade do orgasmo sexual com a ejaculação, com que se realiza o ato sexual, quando chegar o período de vida em que o homem vai ficando “senil”, processo do envelhecimento, vai surgindo e se agravando a decadência física, mental e intelectual do homem, refletindo-se negativamente com a impotência sexual. O velho vai vivendo das relembranças de quando era moço com potência sexual que, ao longo dos anos, com a prática de muitos atos sexuais, não somente entre o homem e a mulher, mas também, com a masturbação, vulgar" punheta ", a partir de quando o hormônio sexual se manifesta no “guri”, alí pelos dez (10), onze (11) anos, e com as primeiras masturbações, mas também, no homem solitário, separados no casamento, ou viúvos, querendo minimizar a solidão, espera que, com a masturbação “alivie" a solidão, e a sensação de isolamento, acaba, sentindo-se mais solitário, isolado do mundo, perdendo o sentido da vida, sentindo que o tempo passou e a vida se foi. .

"Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois apenas como neblina, ou um vapor que aparece por instante e logo se dissipa, se desvanece."

É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece. Tiago 4:14

Vaidade, vaidade, tudo na vida é vaidade e correr atrás do vento. Eclesiastes

Fugi da fornicação. Todo outro pecado que o homem possa cometer é fora de seu corpo, mas quem pratica a fornicação está pecando contra o seu próprio corpo.

1 Coríntios 6:18

 

Fornicação, é a ejaculação em todo ato sexual, o que constitui a MÁCULA, A IMPUREZA SEXUAL.

Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá. Quem semeia para a sua carne, da carne colherá destruição; mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna. . E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos. Gálatas 6:7-8-9 .

Como vão querer colher, saúde e vida, quando o que mais fizeram foi envenenar o corpo com todos os tipos de drogas, e jogaram a vida fora na ejaculação em todo ato sexual, principalmente o da masturbação em troca de nada.

VIVEMOS NO MUNDO DE CAUSAS E EFEITOS, MAS, OSEFEITOS, TORNANDO-SE CAUSAS, SOFRE, RECEBE, ENCONTRA, A LEI DO RETORNO.

“não julgueis para que não sejais julgados".... Pois com o critério.com que julgardes, sereis julgados; e com a medida que usardes para medir a outros, igualmente medirão vocês" (Mateus 7:1,2). Porém ... Cuide-se, porém, cada um para que também não seja tentado.

Não dêem o que é sagrado aos cães, nem atirem suas pérolas aos porcos; caso contrário, estes as pisarão e, aqueles, voltando-se contra vocês,s despedaçarão"., Mateus 7:6. (Despedaçarão os VOSSOS corações)

Pesquise: Sublimação, transmutação e regeneração sexual

Para realizar a sublimação e a transmutação sexual, é preciso evitar a fornicação.

Fornicação vem do latim, fornicare, que quer dizer incomodar. Houve tempo em que se dizia: não fornica a minha paciência. Mas, com o tempo mudou de sentido e passou a significar a transgressão a um preceito, ou um ensinamento religioso, (não pecar contra a castidade) ou mesmo, uma lei de Deus (Ler todo Levíticos, C. 15).

 

 

Fornicação tem várias interpretações.

Para os crentes evangélicos, significa um ato sexual fora do casamento. Mas, um ato sexual fora do casamento é o erro, o pecado cometido contra a virtude da fidelidade.

A fornicação, que é a ejaculação, é o erro, o pecado contra o Espírito Santo, porque é contra a virtude da castidade, a mais difícil de ser praticada. Fornicação é todo ato sexual que tem como objetivo, terminar, acabar na ejaculação do sêmen. Assim todos fornicam, tanto os crentes como os ateus, solteiros, com a masturbação (tanto física como mental) e ainda pior com a prostituição, como também os casados fornicam, ainda que sejam religiosos, crentes, pastores, líderes religiosos, mestres, etc, etc... Dão como · justificativa, de que já não estão mais de baixo da lei, e sim, sob a graça de nosso Senhor Jesus Cristo. Mas, estar sob a graça, não justifica a continuidade na prática do erro do pecado, por ignorância, inconsciência que independentemente da interpretação filosófica, científica ou religiosa que cada um tem em particular sobre o tema, ou assunto, a função biológica do sexo que afeta, influencia, tanto física, psicológica, mental, psíquica, e espiritualmente a todos indiferentemente, está comprometida pela omissão de alguns e por desgaste pelo abuso de tanta fornicação com a ejaculação da maioria. E que sofrem o indizível pela perturbação por não solucionarem satisfatoriamente os seus problemas sexuais. Fornicação é o pecado contra a virtude da castidade:

E castidade não é abstenção sexual pela separação dos corpos do homem da mulher.

 

Castidade é evitar a perda da energia sexual no orgasmo da ejaculação no ato sexual.

 

Em versões mais antigas da Bíblia, consta a palavra fornicação junta com adultério como motivo de separação entre o homem e a mulher. Outras versões mais atuais, consta somente, fornicação, ou somente por adultério. No Capítulot.5, versículo 32 de S. Mateus consta: “Mas eu vos digo: que todo o que repudiar a sua mulher, a não ser por causa de fornicação, ou fornicação e adultério, a faz adúltera; e o que tomar a repudiada comete adultério"

 

 

 

Selá, pense nisto

O Deus que fez o mundo e tudo que nele há, sendo Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens; (Atos 17:24)

 

O céu é o meu trono, E a terra o estrado dos meus pés. Que casa me edificareis? diz o Senhor, Ou qual é o lugar do meu repouso? Porventura não fez a minha mão todas estas coisas? Homens de dura cerviz, e incircuncisos de coração e ouvido, vós sempre resistis ao Espírito Santo; assim vós sois como vossos pais. (Atos dos Apóstolos 7: 48 à 51);

 

“Honrai, e ou Glorificai a Deus no vosso corpo que é o vosso espírito os quais pertencem a Deus, 1° Coríntios, C.6.v.20)

 

Não sabeis vós, que o vosso corpo, é o santuário, templo, ou tabernáculo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque o santuário de Deus, que sois vós, é santo. ( 1° Coríntios, 3:16-17)

 

Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós, mesmos? 1o Coríntios 6:19

 

O zelo (cuidados) da tua casa me devorará, ou, me consumirá. (João,2:17) 20 - “Porque fostes comprado por bom preço; glorificai pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus." (1 Coríntios, C. 13, v. 20)

 

 4 - “Que cada um de vós saiba possuir a seu vaso (corpo) em santificação e honra.” (1 Tessalonicenses, C. 4, v. 3,4,5)

 

Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam. (Salmos, 126, ou 127:1).

 

 

 

 

 

Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais,
Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,
1 Pedro 1:18,19

Estes são os que não se contaminaram com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes foram comprados dentre os homens para serem as primícias para Deus e para o Cordeiro. Apocalipse 14:4

 

Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará.Hebreus 13:4

 

 

 

10-“E o mandamento que me for a para a vida, verifiquei que este mesmo se me tornou para a morte."

( Romanos,C.7,v.10 ) O mandamento para a vida é:

Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a Terra, e sujeitai-a;"( : Gênesis,C.1,v.28)

E também em Gênesis,C.1,v.24, e S. Mateus, C.19,v.5):"Por isso deixa o homem pai e mãe, e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne."

Vale aqui repetir

Ainda que estejam bem intencionados, todos cometem engano ao interpretarem literalmente a lei no mandamento que diz para se juntarem e procriarem, no sentido de dar continuação à vida na Terra, não têm conhecimento, muito menos consciência do que realmente envolve tudo isso, e continuam buscando o prazer sexual com a fornicação da ejaculação, que é a concupiscência da carne, que tem como conseqüência a morte, ainda que continuem vivos ao longo do tempo.

Por não saberem identificar os limites, até aonde algo que é bom passa a se tornar um mal, é difícil de acreditar, do como algo que foi por Deus, o sexo, para a vida, pode se tornar também para a morte pela sua prática com a ejaculação,

Assim mesmo alegam que Deus permite a ejaculação, citando os versículos que dizem: Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade. Provérbios 5:18

   

 

Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias da tua vida vã, os quais Deus te deu debaixo do sol, todos os dias da tua vaidade; porque esta é a tua  porção nesta vida, e no teu trabalho, que tú fizeste debaixo do sol. Eclesiastes 9:9

 

 

 

 

 

 

 

Também aqui, vale repetir

Quanto mais aprendemos, mais nos damos conta da nossa, ou dessa ignorância, e do quanto ainda temos

que aprender.

O que importa é a informação para ter o conhecimento para dar no que pensar.

Onde á luz é mais forte, as trevas são maisintensas.

 

E o processo do aprendizado requer paciência,

por quê  é cumulativo ao longo do tempo. E quando se consegue ter algum conhecimento, e começar a crer e ter fé, o tempo já passou.

 

Saber uma bíblia "de cor"'"(ter decorado), não é garantia de salvação. Saber "de cor"(ter decorado), todas as escrituras sagradas, de todas as religiões do mundo, só aumenta a cultura geral.

O que importa saber é, como é que cada um vai empregar, para o bem ou para o mal, dos outros ou de si mesmo, o conhecimento que obtém na vida.

As informações, têm que estar sempre atualizadas para obter um conhecimento, para rever os conceitos, reavaliar os valores, reciclar os pensamentos, e reconfigurar as idéias, que permita criar e aperfeiçoar constantemente, aquela teoria pela qual todos buscam explicar tudo para os outros, ou à si mesmos, à luz do esclarecimento intelectual pelas informações obtidas, para  preencher àquelas lacunas, dos espaços vazios que faltam para completar "coerentemente” à ligação entre um conceito e outro e, reconfigurar uma idéia, ou as idéias, do que provavelmente venha a ser tudo isso, para poder com fé, paz e amor, virtudes, conhecimento, coragem, confiança em DEUS, e em si mesmo, decisão, segurança e intuição, começar a tentar a acessar, descobrir, desbravar, compreender e entender e penetrar no mistério do reino dos céus, ou de DEUS, tanto no interior como no exterior de cada um.

Vemos as coisas em partes. Porque em parte conhecemos, e em parte profetizamos; Mas, quando vier o que é perfeito, então, o que é em parte, vai desaparecer, será aniquilado. 1 Coríntios 13:9-10

 

Pergunta-se: - Quanto tempo cada um vai levar para tentar descrever o que se passa em um segundo da sua vida? Pode começar. Já se passaram vários segundos, e nem sabe por aonde vai começar.

Um médico, com uma vida de uma “reencarnaçãozinha”, para quem acredita em reencarnação, com o tempo de setenta anos, e que passou esta vida toda estudando, e aprendeu tudo que pode sobre o que acontece no corpo humano, pois é... tudo isto aconteceu antes que cada um que está lendo, terminasse de ler a primeira palavra deste parágrafo, trecho, e não consegue descrever um segundo da vida, Isto quer dizer que, um médico, estudando e aprendendo durante setenta anos, sobre tudo que

aprendeu, mas, que, no entanto, o “eu ego-ismo intelectual” se envaidece, “inchando”, presumindo e "achando” que sabe tudo. E ainda tem aquele ditado: Quanto mais eu aprendo, mais me dou conta da minha ignorância. Crer, gostar, aceitar, admitir ou não, problema do "ego intelectual” de cada um.

O “ego” come galinha e arrota piru.

   

 

 

 

O pouco que está escrito aqui, e, para o muito que ainda tem que ser lido ao longo do tempo na obtenção do "conhecimento", é óbvio, certamente que, terá de ser feito, realizado com intuição, juízo, bom senso, etc...etc..., melhorando e aumentando a capacidade de compreensão e o entendimento, para que o "ego intelectual se intelectualizando cada vez mais, servindo-se das "referências intelectuais” das informações necessárias, sofre o conflito interno na dúvida atroz entre o crer e o não crer, reagindo sob o 'impacto intelectual” das informações sobre a mente, que, para às suas "abstrações mentais" que surgem e transcendem a este "impacto intelectual sobre a ação verbal da mente com o raciocínio da racionalização sobre ela, ao rever os seus conceitos, reciclando os pensamentos e, reconfigurando as idéias, aprofundando-se no pensamento subjetivo além do mundo objetivo, e que se manifesta na vida de cada um, tanto interna como externamente,

é ....para dar no que pensar.

 

O que importa é a informação para ter o conhecimento para dar no que pensar. Para que depois, quando o "ego-eu intelectual" de cada um, servindo-se das “referências intelectuais" fornecidas pelas informações, disser:

 - Ah....por que é que eu não fiquei sabendo disto há uns quarenta anos atrás?

E, para quando "ele", o ego intelectualizado, quiser ligar o "GPS” mental dele, e se ligar no "astral-net", internet-astral, aí, ele vai dizer:

- Eu pensava que era assim.

- Me disseram que era assim.

- Eu li que era assim.

- Eu até acreditava que era assim. E o pior de todos: - Eu achava que era assim. Porque "achar", todos "acham" alguma coisa.

- Agora vejo que não era nada daquilo que como eu pensava que era.

10.- Porque esta é a aliança que depois daqueles dias farei com a casa de Israel, diz o Senhor; porei as minhas leis no seu entendimento, ou, nas-suas-mentes, e em seu coração as escreverei; e eu lhes serei por Deus, e eles me serão por povo. Hebreus 8:10

Cada um contribua segundo propôs no seu coração, não com tristeza ou por necessidade; por que Deus ama ao que dá com alegria." 2 Co 9:7

Não é que, nós, não sabemos nada. E que, em função de tudo que tem que se aprender, a impressão que se tem, torna quase nada o pouco que acontece no corpo humano, não consegue descrever o que se passa em um "segundo” da vida.. E mais ainda: ninguém sabe exatamente o que é vida, para se quer ter a ousadia de tentar descrever o que acontece, o que se passa em “um segundo" dela.

“Tende cuidado e guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância dos bens que ele possui" (Lucas 12:15).

 

17 Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo. Romanos 14:17

 

E o que é uma "reencarnaçãozinha” de apenas 70 anos, em face à "eternidade”? Nem mexe com o ponteiro no relógio do Tempo. E o que é que se aprende numa “reencarnaçãozinha de apenas 70 anos? Quase nada. Apenas que, nasceu, cresceu, tem que trabalhar, casar, botar filhos no mundo, e morrer. E olhe lá?!...anda logo, depressa que o tempo já está passando.

Francis Bacom, cientista, disse:- Um pouco de ciência afasta o homem de DEUS. Um pouco mais de ciência a

esse mesmo homem, e ele retorna, ou volta a DEUS.

 

"Porque DEUS que disse, que das trevas resplandeça a Luz, é que resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da Glória de DEUS, na face de Jesus Cristo”. II CORÍNTIOS 4:6

Lavoisier, químico francês, lá por 1700, considerado o pai da química moderna disse:

“Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”.

Crer ou não crer, problema de cada um.

Cada um responderá por si.

Nenhum "papa", nenhum padre”, nenhum pastor", nenhum "médium”, nenhum pai de santo”, nenhum "religioso", de qualquer denominação religiosa, vai responder por alguém. Não se deve julgar nem condenar, mas, todos são obrigados a uma "coisa”,

 A CONSTATAR.

Não julgueis segundo a aparência, mas julgai

segundo a reta justiça. João 7:24

Mateus 7: 1-2Não julgueis, para que não sejais

julgados. Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes

medido vos hão de medir a vós.

“Assim cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus." Romanos 14:12

10- Porque todos. deveremos.comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal. 2 Coríntios 5:10 .

 

21 - “Ai dos que são sábios a seus próprios olhos, e prudentes em seu próprio conceito." Isaías, C5:20-21

9-...fala, e não te cales. Atos 18:9 /Se fizeres o mal teme. Rom13:4

 

Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação, Hebreus 9:11 .

Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. Efésios 4:29

 

Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus. Mateus 5:48

 

Edificação moral para melhores condições perante a si mesmo, não somente do corpo físico, do coração, psicológicas e psíquicas, mas também, da mente e do "espírito".

 

Esta edificação para a construção de um caráter nobre de uma personalidade digna e honrada,se realiza, constrói com a prática das virtudes: Castidade, honestidade, Generosidade, Temperança, domínio próprio, Prudência, Paciência, Calma, Serenidade, Caridade, Humildade, etc...

 

· E disse Jesus: Alguém me tocou, porque bem conheci que de mim saiu virtude. Lucas 8:46

Visto como o seu divino poder nos deu tudo o que diz respeito à vida e piedade, pelo conhecimento daquele que nos chamou pela sua glória e virtude; 2 Pedro 1:3

 

Vós sois o templo do Deus vivente. E que consenso tem o templo de Deus com os ídolos? Porque vós sois o templo do Deus vivente, como Deus disse:

 

Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo. 2 Coríntios 6:16

 

Porque há um só Deus e há um só mediador entre Deus e os homens: Jesus Cristo, homem. I Timóteo 2:5

 

"Ora, Deus não é de mortos, mas sim, é Deus de vivos. Por isso vós errais muito, ou, laborais em grande erro.” (Marcos,C.12,v.27)

"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito na verdade, está pronto, mas, a carne é fraca.

" Mateus,C.26,1.41 "

Assim, pois, cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus". (Rom., C.14,v.12)

 

Com a fornicação, que é a ejaculação, a humanidade provoca, realiza mais a degeneração sexual do que a regeneração sexual.

3 Pois nós também, outrora, éramos néscios, desobedientes, desgarrados, escravos de toda sorte de paixões e prazeres, vivendo em malícia e inveja, odiosos e odiando-nos uns aos outros. 4 Quando, porém, se manifestou a benignidade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor para com todos, 5 não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo, Tito 3:1-8

E Jesus disse-lhes: Em verdade vos digo que vós, que me seguistes, quando, na regeneração, o Filho do homem se assentar no trono da sua glória, também vos assentareis sobre doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel. Mateus 19:28

 

E, para reverter este estado de degeneração para o estado de regeneração, terá que ser com o lavar da regeneração e renovação do Espírito Santo, Tito 3:4,5. com a prática da virtude da castidade, que não é o afastamento de corpos entre o homem e a mulher, e sim, evitar o orgasmo da ejaculação.

 

5.Então o que está assentado no trono disse: Eis que eu renovo todas as coisas. Disse ainda: Escreve, porque estas palavras são fiéis e verdadeiras.Apocalipse 21:5 Ou ainda: Eis que faço novas todas as coisas.

 

Para que haja, aconteça a regeneração e renovação, é necessário que se obtenha o conhecimento sobre como isto pode ser feito, realizado, praticado, conhecendo, aprendendo, praticar e perseverar com sublimação e a transmutação sexual, que não é abstenção sexual.

A prática da virtude da castidade, mesmo entre os casados, com a sublimação sexual, não é com abstenção sexual, e sim, evitar a ejaculação no ato sexual.

 

 

E para aqueles que acham que o sexo é coisa do diabo, leiam :

 

Mas agora Deus colocou os membros no corpo, cada um deles, como quis. E, se todos fossem  um só membro, onde estaria o corpo? Assim, pois, há muitos membros, mas um corpo. E o olho não pode dizer à mão: Não tenho necessidade de ti; nem ainda a cabeça aos pés: Não tenho necessidade de vós.

Antes, os membros do corpo que parecem ser os mais fracos são necessários; E os que reputamos serem menos honrosos no corpo, a esses honramos muito mais; e aos que em nós são menos decorosos damos muito mais honra. Porque os que em nós são mais nobres não têm necessidade disso, mas Deus assim formou o corpo, dando muito mais honra ao que tinha falta dela; Para que não haja divisão no corpo, mas antes tenham os membros igual cuidado uns dos outros.

De maneira que, se um membro padece, todos os membros padecem com ele; e, se um membro é honrado, todos os membros se regozijam com ele. Ora, vos sois o corpo de Cristo, e seus membros em particular.1 Coríntios 12:18-27

“E por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, ou, os entregou a um sentimento perverso, para fazerem, ou, praticarem, coisas que não convêm.”

“Cheios de toda injustiça, prostituição, dolo e malignidade; sendo difamadores. Caluniadores, aborrecidos de Deus, insolentes, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais. Insensatos, pérfidos,  “infiéis nos contratos”, sem afeição natural e sem misericórdia. Os quais conhecendo a justiça de Deus, que são dignos de morte os quais tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também consentem, ou aprovam aos que as fazem, ou, assim procedem.”(Romanos,C.1,vs. 28 a 32)

“Vai alta a noite e vem chegando o dia. Deixemos, pois, as obras das trevas, e revistamo-nos das armas da luz;

“Andemos dignamente, com em pleno dia, não em orgias e bebedices, não em imundícias e dissoluções, não em contendas e ciúmes. Ro13:1213

 

“Porque  de dentro, do coração dos homens, é que procedem os maus desígnios, a prostituição, as fornicações, os frutos, os homicídios, os adultérios. A avareza, as malícias, o dolo(má fé, astúcia, engano,até roubo) a lascívia(luxúria,sensualidade,corrupção), a inveja, a blasfêmia(palavrão contra Deus),a soberba, a loucura. Ora, todos estes males vêm de dentro e contaminam o homem.” (S.Marcos,C.7,vs. 21 a 23 )

 

“O homem bom do bom tesouro do coração tira o bem, e o mau, do mau tesouro tira o mau; porque a boca fala do que está cheio o coração.”(S.Lucas,C.6,v.45)

“Eu, o Senhor, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isto para dar a cada um segundo o seu proceder, segundo o fruto das suas ações.”(Jeremias,C.17,v.10)

 

“Chegai-vos  a Deus, e ele se chegará a vós outros. Purificai as mãos pecadores; e vós que sois de ânimo dobre, limpai o coração.”(Tiago,C.4,v.8)

 

“Cada um contribua segundo propôs no seu coração, não com tristeza ou por necessidade; por que Deus ama ao que dá com alegria.” ( 2º Coríntios,C.9,v.7)

 

“E Jesus lhe disse: Por que me chamas de bom  Ninguém há bom senão um, que é Deus, ou, bom, só há um que é Deus.” (S.Marcos,C.10,v.18)

“E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicar sobre a terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente.” (Gênesis,C.6,v.5,6)

 

 E Deus se arrependeu de ter feito o homem, ou a humanidade.

 

“Ouve tu, ó terra! Eis que eu trarei mal sobre este povo, o próprio fruto dos seus pensamentos; porque não estão  atentos às minhas palavras, e rejeitam a minha lei.” (Jeremias,C.6,v.19)

 

“Castigarei o mundo por causa da sua maldade, e os perversos por causa da sua iniqüidade; farei cessar a arrogância dos atrevidos, e abaterei a soberba dos violentos. Farei que os homens sejam mais escassos do que o ouro puro, mais raros do que o ouro do Ofir. Farei estremecer os céus; e a Terra será sacudida de seu lugar, por causa da ira do Senhor dos exércitos; e por causa do dia do seu ardente furor.”Isaías13:11-13

 

“E acontecerá em toda a terra, diz o Senhor, que duas terça partes, ou, duas partes dela serão extirpadas(arrancadas), ou, destruídas, e expirarão, ou, morrerão. Mas a outra terceira parte restará nela.  E  farei passar esta terceira parte pelo fogo, e a purificarei, como se purifica a prata, e a provarei, como se prova o ouro. Ela invocará o meu nome, e eu a ouvirei; direi; É meu povo; e ela dirá: O Senhor é o meu Deus. ”(Zacarias,C.13:8 – 9)

O Universo é tão infinito e eterno quanto o criador, DEUS.

 

DEUS criou o mundo em seis dias, mas, podes ter certeza que não foram em dias de vinte e quatro (24) horas. Horas dias, meses, anos, são medidas da escala. de avaliação de tempo criadas pelo homem para melhor comunicação, compreensão e entendimento entre os povos.

 

Se, biblicamente, mil anos do homem, é que nem um dia para DEUS, então os parâmetros, pontos de referência no espaço e tempo, entre uma obra e outra, são outros para a criação. 2 Pedro 3:8

 

Tudo nasce, cresce, definha e morre, até as estrelas. O ciclo mais temido é o do nascimento, vida e morte, para qualquer concepção filosófica que se possa fazer.

 

Ninguém é o mesmo, dez anos atrás, nem será daqui ha vinte, trinta anos à frente. Lavoisier, químico francês, considerado o pai da química moderna disse: "Na natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma". É a reciclagem dos ciclos de tudo que existe. Quando alguém diz que observou a luz de uma estrela, provavelmente, pode ser até que ela não exista mais.

 

 

 

CONHECIMENTO

O temor do Senhor é o princípio da Sabedoria.

Salmos 11:11

II CORÍNTIOS 4:6 "Porque DEUS que disse, que das trevas resplandeça a Luz, é que resplandeceu em nossos corações,

para iluminação do conhecimento da Glória de DEUS, na face de Jesus Cristo”.

« Bem-aventurado o homem que acha sabedoria,e o homem que adquire

conhecimento” Provérbios 3:13 “É Árvore da Vida para os que lançarem mão dela:e bem-aventurado o que a não a

largar. Provérbios 3:18

 

O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; revelam prudência todos os que o praticam.” Salmos 111:10.

"O meu povo está sendo destruído por que

lhe falta o conhecimento". Oséias 4:6

Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência;

ainda que eu tenha tamanha fé, a ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada

serei. I Coríntios 13:2

"Pois o povo que não tem entendimento, será castigado, ou corre para a sua perdição”. Oséias 4:14

“Por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência (cuidado, investigação),

associai a vossa fé a virtude;

com a virtude o conhecimento”. II Pedro 1:5

Porque eu quero a misericórdia, e não

o sacrifício; e a ciência de, ou o conhecimento de DEUS, mais do que holocaustos”. Oséias 6:6

 

“Cuidado para que a luz que há em ti não sejam trevas”. ou, “ Se pois a Luz, que em ti há, são trevas: quão grandes não serãoessas trevas” ? Mateus 6:23

 

Das trevas do interior de cada um

resplandecerá a Luz.

 

“O Reino de Deus está dentro de vós”.

LUCAS 17:21

 

Portanto, não os temais; porque nada há encoberto que não haja de revelar-se, nem oculto que não haja de saber-se. MATEUS 10:26

 

 

2- não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

 

 

 

E disse Jesus: Alguém me tocou, porque bem conheci que de mim saiu virtude.. Lucas 8:43-48

 

A prática de todas as VIRTUDES é que são necessárias para a salvação.

E, RELIGIÃO, a palavra, vem do Latim, língua morta, significa religar. Não é uma denominação religiosa, que doutrina e orienta a congregação de uma igreja.

É a obtenção do conhecimento , filosófico, científico e religioso, para que se tenha uma filosofia de vida, fundamentada em algum conhecimento científico, associado a alguma filosofia religiosa, examinando tudo, ficando com o melhor, e aplicando com sabedoria e propriedade (bem feito) na prática do cotidiano do dia a dia, investindo, crendo com fé, intuição e amor, juízo, bom senso, discernimento e responsabilidade, respeito aos outros como a si mesmo, na mudança do comportamento na maneira de ser, ter, pensar, falar, agir e sentir, a partir da auto observação na mudança da reforma interna, aplicando com conhecimento e sabedoria as virtudes na eliminação dos defeitos psicológicos dos “m-eus-egoísmos”, para o aprimoramento moral, para melhor aperfeiçoamento, físico, mental e espiritual não só de si mesmo, mas, dos outros também, e assim, conhecer o verdadeiro sentido da vida, para a qual DEUS, criou o homem, sentido filosófico, homem e a mulher, é que será permitido alcançar com perseverança no firme propósito em querer se aperfeiçoar e, a se religar com a Glória, Esplendor, a perfeição de DEUS, da qual todos perderam, estando dela destituídos, e assim conhecer o verdadeiro sentido da vida para a qual foi criada. (Romanos 12:2-3)

9 -.... para proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz. 1 Pedro 2:9

Crer ou não crer, isto é outra “istória”.(sem “h” é outra conversa)

Transmutação sexual é no sentido de transformação que os corpos de todos os seres vivos, desde que nascem até que morrem, . · passam por uma constante transformação, com a presença ou não da energia sexual.

 

Ninguém é o mesmo, dez anos atrás, nem será daqui ha vinte, trinta anos à frente. Lavoisier, químico francês, considerado o pai da química moderna disse: "Na natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma". É a reciclagem dos ciclos de tudo que existe. Quando alguém diz que observou a luz de uma estrela, provavelmente, pode ser até que ela não exista mais.

Porque todos pecaram, destituídos estão da glória de Deus. ROMANOS 3:23

 

48 Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus. Mateus 5:48

Apesar de todos os esforços, a humanidade fracassou por não conseguir realizar o "RELIGAR" com a Glóriade DEUS.

O que todos buscam é a glória do m-eu-ego-ismo

 

“Mas sobre tudo isto, revesti-vos de caridade, que é vínculo da perfeição". Colossenses 3:14

Eu não busco a minha glória; há quem a busque, e julgue. João 8:50 Eu não recebo glória dos homens; João 5:41 Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus. 1° Coríntios 10:31 Quem fala de si mesmo busca a sua própria glória; mas o que busca a glória daquele que o enviou, esse é verdadeiro, e não há nele injustiça. João 7:18

Todas as religiões se tornam conhecidas quando procuram divulgar através do ensinamento dos preceitos das suas doutrinas COM AS SUAS INTERPRETAÇÕES SOBRE ESTE “CONHECIMENTO",deixando para que cada um tenha como seu livre arbítrio, a liberdade de escolha do sistema filosófico, científico e religioso que permita ampliar o seu horizonte intelectual, para melhor compreender os mistérios dos “caminhos" ou Arcanos de DEUS, Jó 11:7, da manifestação da sua "onipresença", "Onisciência", "Onipotência", em tudo e em todos.

"Ao que tem, ou, quem mais receber, mais se dará, ou, mais receberá, ou mais lhe será acrescentado; ao que não tem, ou, pouco recebeu, até o pouco que recebeu lhe será tirado". Mateus 25:29 Marcos 4:25

A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito mais lhe será pedido, ou exigido Lucas 12:48 Lucas 19:26

 

“Por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência (cuidado, investigação), associai a vossa fé a virtude; com a virtude o conhecimento". II Pedro 1:5 E peço isto: que o vosso amor cresça mais e mais em ciência e em todo o conhecimento. Filipenses 1:9 “A ciência incha, ou o saber ensoberbece, mas o amor edifica. « 1 Coríntios 8: 1

 

“O amor do, ou, ao próximo não obra o mal. Logo a caridade é o complemento da LEI'. Romanos 13:10

10-O amor não faz mal a ninguém,. De sorte que o amor é o cumprimento da Lei. Hebreus 13:10

“Mas sobre tudo isto, revesti-vos de caridade, que é vínculo da perfeição". Colossenses 3:14

 

“E, por se multiplicar, aumentar a iniquidade, o amor de muitos vai esfriar". Mateus 24:12

 

"O amor seja sem fingimento". Romanos 12:9 4- O fim da Lei é, ou, conduz a Cristo para justiça de todo aquele que crê. Romanos 10:4

E disse Jesus: Alguém me tocou, porque bem conheci que de mim saiu virtude.. Lucas 8:43-48

 

A prática de todas as VIRTUDES é que são necessárias para a salvação.

O AMOR É O DOM MAIOR

I Coríntios C.13

 

1 AINDA que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos,

e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

2 E ainda que tivesse o dom de profecia,

e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. Ou, se não tiver amor nada serei, ou, nada sou.

3 E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

4 O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso;

o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

5 Não se porta com indecência,

não busca os seus interesses, s não se irrita, não suspeita mal;

6 Não folga, ou, não se alegra com a injustiça, mas folga, ou, alegra-se, ou, se regozija com a verdade;

7 Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

8 O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;

9 Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;

10 Mas, quando vier o que é perfeito,

então o que o é em parte será aniquilado.

11 Quando eu era menino, falava como menino,

sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

12 Porque agora vemos por espelho em enigma,

mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.

13 Agora, pois, permanecem

a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

Se... tivéssemos que eleger uma única virtude que tenha o poder de salvar, esta, seria a virtude da “CASTIDADE”, PORQUE COMBATE O PECADO DA FORNICAÇÃO, A EJACULAÇÃO, PORQUE TIRA A VIDA DE DENTRO DO CORPO QUE É O TEMPLO ONDE DEUS HABITA.

Muitos praticam a caridade, mas continuando na prática da fornicação, acabam se perdendo.

Fugi da fornicação. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que fornica peca contra o seu próprio corpo.

1 Coríntios 6:18

Sublimação, transmutação e regeneração sexual

  Transmutação,  no sentido   de transformação que, todos os corpos, que todos os seres vivos passam desde que nascem até que morrem.

Ninguém é igual há dez (10) anos atrás, nem será daqui há vinte(20), trinta(30) anos a frente, com a presença ou não da energia sexual.

E como disse Lavoisier, lá por 1743-1794, considerado o pai da química moderna:

 

''Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma''  

   

 

O CONCEITO DE SUBLIMAÇÃO EM PSICANÁLISE

Tirado do “site” de mesmo nome, título

 

Para a compreensão do sujeito da psicanálise em sua relação com o social, enfatizando as consequências dessa concepção para a prática psicanalítica, o conceito freudiano de sublimação torna-se essencial.  Na literatura psicanalítica, a sublimação é frequentemente considerada como um mecanismo ou um modo de defesa contra as pulsões. Todavia, é importante salientar que a defesa não se situa no nível da sublimação, mas antes em um recalque que a precede, sem a qual, a sublimação não poderia existir. Sigmund Freud sistematiza para as pulsões três destinos: recalque, inversão da pulsão em seu contrário, volta contra a própria pessoa e a sublimação[1]. O recalque é o mecanismo típico das neuroses, o qual neutraliza o acesso à consciência de ideias que causam desprazer. A inversão e a volta contra si são os mecanismos que entram em jogo no sado-masoquismo e no voyeurismo-exibicionismo. E a sublimação é o processo através do qual a libido se afasta do objeto sexual para outra espécie de satisfação. A sublimação, portanto, é um processo relativo à própria pulsão e não um engrandecimento do objeto, como idealização. Com efeito, a sublimação propicia a possibilidade de atingir certo grau de satisfação sexual a despeito da defesa e pode ser considerada, grosso modo, como um alívio da pulsão.

sublimação de uma pulsão implica que esta possa se satisfazer com os objetos de substituição e também que uma satisfação imaginária ou simbólica possa se igualar com uma satisfação real. O resultado da sublimação é o desvio da energia libidinal de suas metas originais e investida em realizações culturais, ou em realizações individuais úteis ao grupo social. A sublimação é um meio de reconciliar as exigências sexuais com as da cultura, por conseguinte, reconciliá-las com a sociedade, ou reconciliar a sociedade com elas. E apesar de a maioria dos indivíduos não possuírem igual aptidão para asublimação, pois, é uma solução restrita a poucos, tal destino pulsional propicia uma solução menos infeliz para o conflito cultural da sexualidade [2].

sublimação, segundo Freud, é um mecanismo de defesa eminentemente positivo para a sociedade, constituindo um bem social. Pois, pode-se dizer que a maior parte das grandes personalidades e dos grandes feitos ocorridos na história humana só foram possíveis graças à sublimação. Com efeito, os grandes artistas, os eminentes cientistas, os mais importantes líderes políticos, e todas as personalidades que conseguiram se elevar acima da média eram indivíduos cujos instintos não se manifestaram tal como eram, ao invés disso, sublimaram os instintos egoístas e transformaram estas forças em realizações sociais de grande valor, a exemplo das realizações artísticas[3].

Com efeito, as realizações artísticas, segundo Freud, não são uma simples projeção do artista, mas configura-se um esboço de solução dos conflitos psíquicos. Desta forma, as obras de arte ajudam a compreensão do conceito psicanalítico da sublimação: a capacidade de liberar energias que estavam investidas em figuras arcaicas para serem investidas em novas figuras. Mediante a sublimação, portanto, o desejo é transformado em ideal sublime.

Em química a sublimação é entendida como o processo de transformação da matéria do estado sólido para o estado gasoso. No que tange à moral o conceito está associado à purificação e à perfeição.  Todavia, em psicanalise esta noção descreve as atividades humanas que não estão relacionadas aparentemente à sexualidade, mas cuja origem só é possível a partir da pulsão sexual. Neste sentido, a sublimação reporta-se a uma mudança nos objetivos da pulsão, que abandonaria seus objetos originais de natureza sexual, para se conectar a outras metas, as quais são socialmente apreciadas, como a arte, o esporte, a ciência, a religião, etc. Escreve Carlos Estevam a respeito[4]:

 

Essa tese foi exposta por Freud nos seguintes termos: Uma tendência humana se apresenta muito intensificada, quando incorporou a si, a fim de se fortificar, forças sexuais instintivas, da mesma forma que um pequeno riacho pode ser engrossado extraordinariamente pelas águas de um rio caudaloso. Pode assim acontecer que um homem se dedique ao seu trabalho com o mesmo entusiasmo apaixonado com que outras pessoas se dedicam aos seus amores, pois o trabalho pode representar para ele o que o amor representa para os outros, ou seja, um modo de dar expansão ao seu instinto sexual. A sublimação é essa capacidade que tem o instinto sexual de renunciar ao seu objetivo imediato em troca de outros objetivos não sexuais e mais apreciados pela sociedade.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

 

BRABANT, Georges Philippe. Chaves da psicanálise. Zahar Editores. Rio de Janeiro:1973.

ESTEVAM, Carlos. Freud. José Alvaro Editor. Rio de Janeiro: 1968.

FRANCO, Sergio de Gouvêa. Hermenêutica e psicanálise na obra de Paul Ricoeur. Edições Loyola. São Paulo:1995.

 


FRANCO, Sergio de Gouvêa. Hermenêutica e psicanálise na obra de Paul Ricoeur. P. 121. [2] BRABANT, Georges Philippe. Chaves da psicanálise. Págs. 54 e 55.

ESTEVAM, Carlos. Freud. Págs. 28 e 29.

Ibid., p.31.

Postado por Moisés do vale dos Santos às 07:54 

sábado, 4 de agosto de 2012  

 

 

Para quem gosta de “espiritismo”

Psicografado por Francisco Cândido Xavier, ditado pelo
espírito André Luiz,

Trecho do livro: "NO MUNDO MAIOR"

“No exame das causas da loucura, entre individualidades, sejam encarnados, sejam ausentes da carne, a ignorância quanto à conduta sexual é dos fatores mais decisivos.
A incompreensão humana dessa matéria equivale à silenciosa guerra de extermínio e de perturbação, que ultrapassa, de muito, as devastações da peste, referidas na História da Humanidade. Vocês sabem que só a epidemia de bubões, no Século VI de nossa Era, chamada de justiniano”, eliminou quase cinquenta milhões de pessoas na Europa e na Ásia... Pois esse número expressivo constituí bagatela, comparado com os milhões de almas que as angústias do sexo dilaceram todos os dias.
Problema premente este, que já ensandeceu muitos cérebros de escol, não podemos atacá-lo a tiros de verbalismos, de fora para dentro, à moda dos médicos superficiais, que prescrevem longos conselhos aos pacientes, tendo, na maioria das vezes, absoluto desconhecimento da enfermidade.”
“A, este respeito formulamos conceitos mais avançados. Se aí residem forças procriadoras dominantes, atendendo aos estatutos da natureza terrestre, reguladores da vida física, temos, na inquietação sexual, fenômeno peculiar ao nosso psiquismo, em marcha para superiores zonas da evolução.”
“Inútil é supor que a morte física ofereça solução pacífica aos espíritos em extremo desequilíbrio, que entregam o corpo aos desregramentos passionais. A loucura, em que se debatem, não procede de simples modificações do cérebro:
dimana da desassociação dos centros perispiríticos, o que exige longos períodos de reparação.”
“Compreendemos, destarte, que na variação de nossas experiências, adquirimos, gradativamente, qualidades divinas, como sejam a energia e a ternura, a fortaleza e a humildade, o poder e a delicadeza, a inteligência e o sentimento, a iniciativa e a intuição, a sabedoria e o amor, até lograrmos o supremo equilíbrio em Deus
.

“Convictos desta realidade universal, não podemos esquecer que nenhuma exteriorização do instinto sexual na Terra, qualquer que seja sua forma de expressão, será destruída, senão transmudada no estado de sublimação”.


Do livro: NO MUNDO MAIOR, 20ª. Edição, 1995.
Psicografado por Francisco Cândido Xavier, ditado pelo
espírito André Luiz, Federação Espírita Brasileira.

 

 

A rara síndrome pós-orgasmo

que só afeta homens

 

 

© Fornecido por BBC A diferença de sintomas entre os pacientes dificulta a busca por uma cura.

Para algumas centenas de homens em todo o mundo a experiência de um orgasmo pode não estar ligada ao prazer.

Isto ocorre por causa da síndrome da doença pós-orgásmica (POIS, na sigla em inglês), um problema raro que afeta exclusivamente os homens.

Os sintomas vão desde cansaço e febre até diarreia e ocorrem como consequência de um orgasmo.

A doença foi identificada em 2002 pelo cientista holandês Marcel Waldinger, neuropsiquiatra da Universidade de Utrecht, na Holanda.

E, até o momento, o médico conseguiu encontrar pouco mais de 200 homens que sofrem desta síndrome.

Mas ele acrescenta que a doença pode ser mais comum do que se pensa.

Geralmente muitos homens não falam sobre o problema por conta da vergonha e confusão que os sintomas causam. Outros sequer sabem que têm o problema.

Causas?

Desde que o problema foi descoberto os cientistas identificaram várias possibilidades de causas, de uma possível alergia ao próprio sêmen ou em função de um distúrbio neurobiológico.

Alguns pacientes enfrentam o transtorno durante toda a vida adulta, o chamado "POIS Primário" Em outros casos, apelidados de "POIS Adquirido", a doença se desenvolve com o passar dos anos.

Isto levou Waldinger a acreditar que o problema poderia ter uma base psicológica.

Em 2016 foi realizado um novo estudo com 45 homens que sofrem da doença e da análise dos resultados surgiram novas teorias para explicar a origem da POIS.

Os pesquisadores adicionaram à lista de causas uma reação autoimune ao plasma seminal. Os cientistas acreditam que esta reação alérgica pode ser tratada com injeções regulares de sêmen diluído.

Este tratamento ainda está em fase experimental e só foi administrado em dois pacientes.

 

 

 

© Fornecido por BBC Centenas de homens em todo o mundo já foram identificados como pacientes que sofrem da doença e ela foi reconhecida há pouco tempo pela Associação Nacional de Enfermidades Raras

O relatório mais recente de Marcel Waldinger afirma também que a síndrome poderia estar ligada a uma disfunção da glândula pituitária e também à deficiência de testosterona.

Barry Komisaruk, cientista especializado em respostas neuronais a estímulos sexuais e diretor do Programa de Pesquisa Biomédica da Universidade de Rutgers, em Newark, Estados Unidos, também iniciou sua própria pesquisa.

Na teoria desenvolvida por Komisaruk a causa da doença está ligada ao nervo vago ou pneumogástrico, um nervo craniano que envia impulsos para quase todos os órgãos.

Komisaruk afirma que, nos casos de homens que sofrem com a síndrome, este nervo poderia estar atrofiado.

"Muitos dos sintomas que os pacientes apresentam são mediados pelo nervo vago", explicou.

Sintomas

Entre os sintomas que Waldinger identificou nos pacientes que sofrem da doença está o cansaço extremo, dificuldades de memória e problemas de concentração.

Cerca de 85% dos pacientes do médico holandês sofrem com isso.

Eles também sofrem de debilidade da musculatura, febre ou sudorese extrema, diarreia, calafrios, alterações do estado de ânimo, geralmente irritabilidade, discurso incoerente, congestão nasal e olhos ardendo.

Todos os sintomas aparecem depois do orgasmo, alguns segundos, minutos ou poucas horas após a ejaculação.

E, para piorar, a maioria destes sintomas pode durar entre dois e cinco dias.

Tratamento difícil

Homens que sofrem com a síndrome da doença pós-orgásmica participam de um fórum para compartilhar suas experiências, o Fórum POIS Center, e falar sobre truques para tentar driblar os sintomas.

 

 

 

 

 

© Fornecido por BBC Alguns acreditam que a síndrome tinha causas psicológicas

Mas as variações de sintomas de um paciente para outro faz com que o desenvolvimento de um tratamento único seja ainda mais difícil.

Pacientes já tentaram tratamentos à base de vitaminas e adesivos de testosterona, além da eliminação de todos os laticínios de suas dietas.

Outros, já em desespero, tomam sedativos e antibióticos.

No entanto a má notícia é que, até o momento, a única medida que realmente parece funcionar é a abstinência sexual.

E, pelo fato de os pesquisadores ainda não saberem qual a causa ou causas exatas do problema, dificulta o desenvolvimento de um remédio eficaz.

Mas, como afirmam muitos usuários do Fórum POIS Center, o importante por enquanto é divulgar mais a doença. Com mais pessoas falando sobre a síndrome e conhecendo a doença, maiores serão as chances de se encontrar uma cura.

 

Com o ato sexual praticado com a ejaculação, a fornicação, os rios de “água viva”, que deveriam correr para dentro e para cima no interior de cada um,  com a sublimação e a transmutação sexual, e que, ao invés disso, correm, escoam com a ejaculação, a fornicação, para fora do corpo terrestre, o Templo onde DEUS, habita, 1Coríntios3:16-17, promovendo a secura interna de vida.

 

Fugi da fornicação. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que fornica peca contra o seu próprio corpo. 1 Coríntios 6:18

 

As obras más da fornicação.

Amaram mais as trevas com o sofrimento da decrepitude, decadência, cansaço físico, fraqueza mental, psicológica, caduca, perda do viço dos olhos, daexuberância, do vigor, e da Juventude que passa, ficando senil, envelhecendo, perdendo a virilidade com a impotência sexual, até a esterilidade, ficando muitas vezes de mal consigo mesmo(a), porque  a autoimagem  do perfil psicológico negativo que vai mudando, fazendo baixar a autoestima,  surgindo o sentimento de culpa decorrente da degeneração sexual, por abuso do desgaste, na época da juventude viril cheia de vaidade  com a fornicação, a ejaculação, e ainda, continuaram a amar mais as trevas, pela “omissão” em ter que enfrentar as questões referentes ao próprio sexo, ou, ao sexo oposto, por medo, ou por questões de preconceitos sexuais decorrente da ignorância  sobre o assunto, da opinião e crítica do outros, ou ainda por filosofia de vida, ou opção religiosa,  e de tudo que foi dado a conhecer, continuaram e continuam a dar preferência a se manterem nas trevas do sofrimento se infernizando mentalmente  com a angústia e ansiedade de ver quando se olham no espelho, e sentirem dentro de si mesmo, que o tempo passou e a vida se foi, do que buscar do “conhecimento”  científico, filosófico, e religioso buscando o auxílio divino de como superar todos esses males.

 

Fugi da fornicação. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que fornica peca contra o seu próprio corpo. 1 Coríntios 6:18

 

Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?
Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.
1 Coríntios 3:16,17

 “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito na verdade, está pronto; mas, a carne é fraca.” Mateus 26:41

“Ora, Deus não é de mortos, mas sim, é Deus de vivos. Por isso vós errais muito, ou, laborais em grande erro.” Marcos 12:27

 

“ Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça
todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé ao ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei.” ( 1º Coríntios,C.13,v.2

 

 

 

Trecho do livro: “DO SEXO À SUPRACONSCIÊNCIA


Podemos fazer de nossas vidas templos de Deus? Podemos nos tomar como o retrato que tinha em si um vislumbre de Deus?
Com esta pergunta, resumo o que falarei hoje. Como o homem pode tornar-se o reflexo de Deus? Como é possível tornar a vida do homem um paraíso, repleto de fragrância, beleza e harmonia? Como é possível ao homem conhecer aquilo que é imortal? Como é possível ao homem entrar no templo de Deus?
Nesse contexto, os fatos da vida indicam que todo o nosso progresso, até agora, tem sido na direção oposfa. Na infância, estamos no paraíso, mas conforme vamos crescendo, aos poucos acabamos no inferno. O mundo da infância é cheio de inocência e pureza, mas gradualmente começamos a trilhar uma estrada pavimentada com mentiras e traições, e quando amadurecemos estamos velhos - não apenas física, mas espiritualmente também. Não só o corpo se torna fraco e cambaleante, como a alma também cai num estado de ruína. Mas, simplesmente aceitamos isso, e deixamos que o assunto termine aí. Mas terminamos conosco mesmos também.
A religião é fatalista sobre esta questão, sobre essa queda, sobre essa jornada do céu para o inferno. Mas essa jornada tem que ser invertida.
Essa jornada tem que ser gratificante — da dor à alegria, da escuridão à luz, da mortalidade à imortalidade. O anseio interior do homem é alcançar a imortalidade e sair dos limites da morte; essa é a sede de sua alma.
A única busca da alma é ir da escuridão à luz. A direção básica de nossa energia primal é ir da mentira à verdade.
Mas para essa viagem, o homem precisa conservar sua energia; precisa permitir que sua energia cresça. Para escalar a verdade, para alcançar a alma, o homem deve esforçar-se para ser um reservatório de força ilimitada; só então alcançará o eterno, O céu não é para os fracos.
Repito: o céu não é para os fracos. A verdade da vida não é para os que dissipam suas energias, que se permitem ser débeis e fracos. Os que desperdiçam a energia vital, os que se tornam inferiormente insípidos e impotentes, não podem empreender esta expedição. Requer-se grande energia para a escalada às alturas.
A conservação de energia é o primeiro requisito da religião.
Mas somos uma geração fraca, doente, e, através dessa perda, estamos mergulhando pra gressivamente em níveis cada vez mais fracos. Nossa vitalidade está escoando e tudo o que resta dentro de nós é uma máquina sem bateria; não há mais nada além de um terrível vazio. Nossas vidas são uma triste e interminável estória de perdas; nossas vidas não são de modo algum produtivas.
Por que existe essa situação tão pouco atraente? E como perdemos nossa energia?
A maior válvula de escape da energia do homem é o sexo. O sexo é um escoamento contínuo que deve parar. Ninguém quer perder nada, mas, como já lhes disse, há uma razão irresistível para que o homem desperdice tanta energia. Por causa de visão beatífica no sexo, o homem é levado, querendo ou não, a perder energia repetidamente. O êxtase luminescente, mas passageiro, que vem com o sexo, exerce tanta atração sobre o homem, que ele está consentindo, impensadamente, na perda exatamente daquilo que é a base de tudo. (Páginas 62 e 63)
Além disso, as pessoas que dizem que o sexo não tem nenhuma relação com a religião estão inteiramente erradas, porque é a energia do sexo, numa forma transformada e sublimada que entra, na esfera da religião. A sublimação dessa energia vital eleva o homem a reinos sobre os quais conhecemos muito pouco. A transformação dessa energia sexual eleva o homem para o mundo onde não há morte, não há tristeza, para o mundo onde nada mais existe além da felicidade, de felicidade pura. E qualquer um que possuir essa força vital, poderá elevar-se para esse reino de alegria, de verdadeira consciência, de sat chit ananda. (sat - ser, existência, essência) (chit - inteligência, consciência, mente) (ananda - bem-aventurança, alegria, felicidade) (Glossário Teosófico. Helena P. BIavatsky)
Mas nós temos desperdiçado essa energia. Somos como baldes furados, e estamos usando esses baldes para tirar água do poço. Mas a água toda escoa durante o processo e, no fim, o que temos é um balde vazio. Somos como canoas com buracos no fundo; remamos apenas para naufragar.
Um barco assim nunca pode chegar à outra margem; está destinado a afundar no meio da correnteza. Todo esse vazamento é devido ao desvio do fluxo de energia sexual. (Página99)
O homem é impotente; o homem é um escravo do sexo, e essa impotência
deve ser desprezada. Nós queremos o conhecimento, não a ignorância. O
conhecimento em si é poderoso, e o conhecimento do sexo é um poder ainda maior. E
perigoso continuar a viver na ignorância sobre o sexo.(Página 101)

Do livro: "DO SEXO À SUPRA CONSCIÊNCIA"
Autor: BHAGWAN SHEREE RAJNEESH
Editora Cultrix, São Paulo, 1979.

 

 

Para quem gosta de psiquiatria

Se é tão bom, por que fazemos tão depressa?
“O orgasmo (a ejaculação) é um desmancha prazer”.
(Dr. José Ângelo Gaiarsa, Psiquiatra, na reportagem “Tantra Tantra Tantra, da revista Trip)
 

 

Reportagem da revista ELE ELA
SEXO
MULTIORGASMO MASCULINO
A NOVA TRIP DO PRAZER


Por Hélio Carneiro

Receitas infalíveis dos orientais ensinam como bloquear a ejaculação e prolongar o gozo ao infinito, por horas a fio.
Dar cinco sem sair de cima nem perder a ereção não é mais privilégio de uns poucos. Qualquer homem pode chegar lá, desde que aprenda a dissociar orgasmo e ejaculação. O segredo que ninguém contava está nisso: enquanto a ejaculação leva à prostração e à calma sublime, o orgasmo garante o prazer contínuo, sem limite de tempo. Não é preciso ser super-homem ou superdotado para se tornar um verdadeiro garanhão, como revela ELE ELA nesta matéria.
Orgasmo e ejaculação não são sinônimos, e os orientais já sabem disso há milênios. Enquanto geralmente despejamos toda a nossa atenção na volúpia carnal, na satisfação imediata e muitas vezes rápida demais da própria libido, os povos de olhos puxados enxergam mais longe: eles dosam em partes iguais carícias, desejos e prazer, em rituais onde corpo e espírito são solicitados em cotas iguais. Afinal, sexo é antes de tudo um ato que revitaliza e garante o equilíbrio psicológico: nada tem a ver com conceitos de pecado e repressão, nem pode ser resumido ao ato de penetração e expulsão do líquido seminal.
Não é de admirar que tanto homem seja um insatisfeito sexual, e expresse isso através da fadiga crônica, de crises de mau humor, de depressão. Afinal, não nos foi ensinado senão a negação do prazer em sua forma mais pura. Para o ocidental corpo e cuca são eternas fontes de conflito. Isso pode, porém, ser mudado através, primeiramente, da redescoberta do potencial erótico do corpo.
Não apenas a mulher possui numerosas zonas erógenas. O macho também tem outros pontos sensíveis além dos órgãos genitais. O mais difícil é aceitar que parceira estimule esses estopins eróticos - as costas, as nádegas e os peitorais. Para o famoso sexólogo francês Dr. Waynberg, autor de diversas obras sobre o homem erótico, a dificuldade do ocidental em aceitar tal estimulação se prende ao fantasma do homossexualismo. " Para o homem ocidental", explica o Dr. Waynberg ,"confessar a existência daqueles pontos sensíveis é expor o que se convencionou chamar de porção feminina, costumeiramente associada a homossexualismo. As idéias falsas sobre a sexualidade invalidam os homens para o amor e para a vida.
A constatação desta fragilidade do homem ocidental levou outro especialista francês na questão, o Dr. Guyonnaud a escrever o livro Multiplique ao Infinito sua Potência Sexual, onde além de aconselhar ao sexo forte a descoberta das porções femininas reveladas por Waynberg, dá também a receita de três exercícios de relaxamento para expulsar as tensões do corpo, habituar a cuca a outras formas de prazer e, desta forma, aumentar a disponibilidade aos prazeres sexuais. Nada a estranhar que todos os três exercícios se baseiam em práticas consagradas nas civilizações orientais. Vejamos o que se deve fazer.
Em primeiro lugar, tem-se de reaprender o ritmo respiratório correto, ou seja, o abdominal.Para tanto, deve-se ficar de pé, colocar as mãos na altura da cintura e curvar o corpo para trás. Nesta posição desconfortável, respira-se inflando o ventre no momento da inspiração e retraindo-o ao soltar o ar. Este exercício favorece o escoamento da energia vital para as partes inferiores do corpo, em especial para a região da bacia e dos genitais. O segundo exercício deve ser realizado de cócoras, com as palmas das mãos entre a pernas.
Nesta posição, deve-se observar o vaivém da respiração abdominal afastando as pernas a cada expiração, como se estivesse expulsando o ar pelo sexo. Isso ativa e enrijece a musculatura pélvica que, como veremos mais tarde, nos exercícios de controle da ejaculação, é vital para se atingir o sétimo céu do multiorgasmo. O terceiro exercício proposto pelo Dr. Guyonnaud também visa a região da bacia: deita-se de costas e respira-se com o abdome, lenta e profundamente. No momento de soltar o ar, deve-se levantar a bacia, descolando as nádegas do chão o mais alto possível. Estes exercícios de respiração genital favorecem a entregar-se pleno durante os jogos amorosos, além de dar maior sensibilidade à totalidade do corpo.
MASSAGEM CHINESA RELAXA
Para exorcizar definitivamente os conflitos e medos denunciados pelo Dr. Waynberg e vencer as barreiras do pré- conceito, o grande inimigo do prazer, abandone-se nas mãos de sua parceira e peça que ela lhe faça uma sessão completa de massagem chinesa.Só assim você vai descobrir que todo seu corpo é uma monumental pilha de prazer.
Comece pelos pés, através de pressões na planta, na direção dedos-calcanhar, em movimentos circulares. Como cada região do pé tem relação direta com os órgãos vitais do corpo, a ação benéfica se espalhará por todo o organismo. Se você estiver muito tenso, peça para sua gata exercer várias compressões na planta dos pés, no ponto onde existe o sulco vertical: esta zona corresponde ao plexo solar. Em seguida, cada dedo deve ser massageado em puxões suaves, um após outro, várias vezes. O circuito se fecha com massagem da parte superior do pé, no sentido extremidade-coração.
Você descobrirá o nirvana: os músculos tensos e a cabeça cheia de problemas deixarão de existir. E neste estado de felicidade deixe que finalmente seja despertada a sensibilidade dos mamilos. A educação do erotismo mamário é fundamental para afastar do espírito o tabu cultural de zona proibida. O mesmo acontece para coxas e nádegas. Quando a entrega for total, você descobrirá o que os orientais já sabem há tempos imemoriais: que no ser humano há dois tipos de energia, o Yang(masculino) e o Yin(feminino). As carícias, beijos e roçar de corpos- tudo com muita delicadeza e sem pressa- facilitam a troca de energia e harmonizam Yin e Yang. Quando a tomada e o pino se encontrarem, as energias vão fluir docemente, sem causar o curto-circuito que invariavelmente deixa um dos parceiros chupando o dedo. É bom não esquecer que se o sexo fosse atividade individual, só existiria masturbação!
Graças a essas posturas diante da parceira e de si mesmo, os orientais desenvolveram uma série de tratados da arte do amor, sendo o mais célebre o Tao, no qual pela primeira vez deixou-se claro que orgasmo e sexo não são a mesma coisa, e se ensinou o que fazer para retardar a ejaculação.
Para se tornar um grande amante e aumentar a voluptuosidade, deve-se evitar que cada rodada de prazer termine em ejaculação, pois isso só leva ao esgotamento. Se, ao contrário, se preserva a seiva vital, não apenas se revitaliza a energia como se consegue domínio absoluto do corpo e do prazer. O que dá à mulher tempo suficiente para atingir o orgasmo dezenas de vezes.
Há inúmeros métodos de controlar a ejaculação.
Preconiza o Tao que ao se sentir prestes a gozar, o homem deve, com a ajuda dos dedos médio e indicador, pressionar a região situada entre o saco e o ânus durante três a quatro segundos e, ao mesmo tempo, respirar profundamente, com o diafragma alto e contração do baixo ventre. Quando a tensão ejaculatória passar, em fração de segundos, pode-se voltar à carga para novas sessões de emoção e ardor. Pode parecer difícil, mas com prática tais movimentos são incorporados mecanicamente.
Os orientais foram os primeiros a perceber que a ejaculação não é fundamental para o prazer.
No ocidente, no entanto, esta normalidade foi colocada na categoria de fenômeno, senão de aberração.
Na última edição do Relatório Kinsey - O que se deve saber para ser sexualmente informado - de 1990, está escrito: " O orgasmo masculino se constitui de dois eventos distintos e separados, que na maioria dos homens ocorre simultaneamente". Mas na hora de explicar o orgasmo múltiplo, a bíblia da sexualidade apenas registra o fato de que " à semelhança das mulheres, foi documentado num pequeno grupo de homens a capacidade de orgasmos múltiplos e, algumas vezes, de ejaculações múlitplas.(...)
Ainda se precisa pesquisar mais sobre o orgasmo masculino", conclui o Kinsey, numa frustrante constatação da ignorância preconceituosa da cultura ocidental em relação ao sexo do sexo forte.
Felizmente esta barreira acaba de cair.
A lei áurea do orgasmo acaba de ser lavrada no livro Any Man Can, dos sexólogos e psicoterapeutas William Hartman e Marilyn Fithian.
Ao investigar por que mecanismos alguns homens conseguiam frear a ejaculação, os pesquisadores americanos desvendaram o mistério fisiológico dos fenômenos do orgasmo e da emissão do sêmen, e conseguiram estabelecer um programa de controle da ejaculação através da compressão e fechamento voluntária do canal da uretra, por onde flui o jorro das sementes da vida.
Hartman e Fithian descobriram que orgasmo múltiplo masculino só ocorre quando o homem consegue contrair o músculo isquiocavernoso, que vai do osso pubiano até o cóccix. Ora, este músculo se contrai, por reflexo, durante o orgasmo, e de forma insuficiente, não para bloquear a saída do esperma, mas para justamente forçar sua expulsão. E é através de sua hipertrofia(desenvolvido) e controle que o homem consegue se tornar um ser multiorgástico.
O aprendizado exige paciência e persistência. Assim como o halterofilista tem de se exercitar diariamente para adquirir um bíceps de ferro, também o candidato a orgasmos múltiplos tem de praticar diariamente a ginástica inventada pelos americanos, e que consiste na contração repetida de toda a musculatura do períneo e do baixo abdome. A contração está correta se os testículos se erguem e são projetados para o alto. Quanto mais se erguerem e se projetarem, maior a possibilidade de o homem gozar a seco durante o ato sexual.
Fithian e Hartman estabelecem que a contração deve ser feita na primeira semana em exercícios de 25 contrações, lentas e sustentadas. Não deve ir além, nos primeiros dias sob pena de se pegar uma terrível dor no saco. Overdose não é bom para nada.
Os exercícios começam a ser dobrados a partir da segunda semana, triplicados na terceira, e assim sucessivamente até atingir 200 contrações ou mais na sexta semana.
Não adianta correr atrás do tempo perdido e achar que vai conseguir controlar a ejaculação logo nos primeiros dias.
Segundo informam os pesquisadores, os primeiros resultados positivos só começam a ser observados a partir da sexta semana.
Para os apressados, os americanos sugerem uma variação: contração com sustentação do movimento por cerca de três segundos. Com este esforço, já se consegue o objetivo na quarta semana. Como os movimentos são totalmente imperceptíveis e podem ser realizados em qualquer posição - sentado, de pé, deitado, no carro, no escritório, não há desculpa para não se educar o músculo isquiocavernoso.
Qualquer um pode se tornar naturalmente multiorgático.
Após dominar a contração muscular, tem-se de aprender a utilizar o trunfo no momento certo. Só a prática acabará ditando o instante em que a ejaculação pode ser reversível pela contração da uretra ao nível da próstata. Segundo Hartman e Fithian, a terapia não apresenta riscos ou efeitos colaterais indesejáveis. E o testemunho dos que aprenderam a controlar o gozo é unânime: o orgasmo seco é tão intenso como o acompanhado de ejaculação.
Enquanto não se consegue dominar perfeitamente o bloqueio do processo de ejaculação, o prazer sexual pode ser prolongado pela manipulação do pênis na técnica dita da compressão. Quando os primeiros sinais de aumento da tesão indicarem que se parte para a reta final, deve-se retirar o pênis e apertar com o polegar o sulco balanoprepucial, na parte inferior da glande. Se a pressão for bem exercida, os impulsos dos feixes nervosos ficarão bloqueados e o comando da ejaculação sustado. Os médicos recomendam a prática deste exercício durante a masturbação, para se treinar a sensibilidade. Com o tempo, o controle permitirá que a pressão seja exercida na base do pênis, evitando assim que se tenha de sair de dentro da companheira.
A técnica mais original e eficiente para se conseguir a alta performance , porém, é fora de qualquer dúvida a divulgada por Fithian e Hartman, como comenta o andrologista paulista Dr. Alfredo D. Romero. " A ejaculação é uma reação psicoemocional acoplada à contração e relaxamento da musculatura esquiocarvernosa.
No momento da ejaculação, o homem contrai involuntariamente toda a musculatura, que por sua vez comprime as vesículas seminais.
O esperma sai então em vários jorros, cada um deles correspondendo a uma contração. Quando se aprende a controlar essa musculatura, consegue-se efetivamente bloquear a emissão. O homem tem a sensação orgástica - o prazer - porém não chega a ejacular. O gozo pleno - orgasmo e ejaculação - determina o relaxamento muscular, a diminuição da compressão sobre o sistema nervoso.
Resultado: o pênis esvazia e perde a rigidez. Conseguir manter a ereção depois da ejaculação é fenômeno raro ainda sem explicação."

 

“ Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça
todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé ao ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei.” ( 1º Coríntios,C.13,v.2)

              

 

 

PAZ

 

Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens. Romanos 12:18

 

 

Aparta-te do mal, e faze o bem; procura a paz, e segue-a, OU, EMPENHA-TE EM MANTE-LA. . Salmos 34:14

    A Mulher que proibiu a reencarnação!

 

 

 

 

Theodora (500-548], santa da Igreja Cristã Católica Ortodoxa; seu dia é 14 de novembro. Nascida na ilha de Creta (ou na Síria ou em Paphlagonia, ou na costa do Mar Negro, como preferem alguns historiadores], ela foi atriz de comédias, cortesā, teve inúmeros amantes, entre eles, um certo Hecébolo, governador de Pentápolis, pai de seu único filho. Era mal vista e mal falada na sociedade da época até que, em 523, casou-se com Justiniano (483-565].

 

Imperador Justiniano

 

Quando Justiniano ascendeu ao trono tornando-se imperador Justiniano I, Teodora tornou-se imperatriz. Foi uma consorte ativa tomando parte nos negócios do governo. Defendia o direito das mulheres à herança e posse de propriedades; direito ao aborto, compensações em caso de divórcio; condenou os assassinatos de mulheres acusadas de adultério. É considerada a mulher mais influente do Império Bizantino.

Porém, entre os feitos políticos de Teodora destaca-se sua curiosa intervenção no Segundo Concilio de Constantinopla -5o Concilio Ecumênico das Igrejas Cristãs: Ortodoxa do Oriente, Católica Romana e outros grupos (seitas) cristãos ocidentais. Aconteceu entre maio e junho de 553 e foi convocado pelo imperador

Justiniano e presidido pelo Patriarca de Constantinopla, Eutychius [512-582]

 

Entre os graves assuntos que, naqueles concílios eram discutidos entre berros, tapas e safanões, naquele Segundo Concílio de Constantinopla, estavam na pauta movimentos cismáticos de divisão] dentro do Cristianismo como: o Nestorianismo. Os Nestorianos defendiam a da União Hipostática [na pessoa de Cristo] ou seja, que no ser de Jesus Cristo coexistiam duas Naturezas: humana e divina. Além disso, questionavam a maternidade virgem, a Imaculada Conceição, de Maria: ela teria dado à luz somente ao suporte físico, humano do Messias (como se tudo isso tivesse importância!]. Eram idéias de Nestorius (386-451], que foi Arcebispo de Constatinopla.

 

Em meio a temas tão complexos, Teodora preocupava-se com uma questão muito específica. A reencarnação: Teodora não gostava da doutrina da reencarnação e menos ainda da Lei do Carma que acompanhava essa doutrina; porque a estadista poderosa tinha um passado e um lado obscuro. Ao se tornar imperatriz, Teodora abusou de seus poderes: mandou matar centenas de mulheres. Cortesãs, escravas, prostitutas sacerdotisas do paganismo que considerava rivais ou potencialmente perigosas para sua nova posição.

 

Depois de se aprofundar nos estudos religiosos, Teodora ficou com medo. Tinha pavor de reencarnar em circunstância penosa, como escrava negra, por exemplo. Para resolver o problema, resolveu interferir neste ponto da doutrina cristã. Pediu ao marido imperador que providenciasse a legitimação de uma teologia que negasse a reencarnação acreditando que, assim, jamais teria de prestar contas à maldita Lei do Carma. Não haveria mais reencarnação. O pecador seria purificado de seus erros com o perdão da Extrema Unção, pela confissão e nos casos muito graves, passaria uma temporada em um purgatório e depois teria passagem livre no Paraíso. Reencarnação, nunca mais! Teodora não queria; Teodora proibiu!

Retirado do Blog Sofa da Sala Postado por D.Lobo [Dom Lupin) às 08:47 Marcadores: Paganismo, Religião

 

Muitos dizem que Theodora, não poderia ter influência com sua intervenção no Segundo Concílio de Constantinopla - 5o Concílio Ecumênico das Igrejas Cristãs: Ortodoxa do Oriente, Católica Romana, entre maio e junho de 553, porque consta que ela havia morrido um ano antes da realização do Concílio. Mas isto não quer dizer que, ela não poderia ter “feito a cabeça” do marido

Justiniano, antes mesmo de um ano da realização do Concílio. Ela já tinha preparado, "feito a cabeça" dele, pressionando o marido para que pressionasse o papa, para que realizasse este concílio, em que deveria ser eliminado o ensinamento na Igreja Católica sobre a reencarnação, e no qual também o filósofo grego Orígenes, que ensinava a reencarnação para os primeiros cristãos, foi condenado.

  SUPRESSÃO DA REENCARNAÇÃO

 

Para dar no que pensar
E ainda que muitos descubram que estavam enganados pensando, “achando” que estavam com a verdade, poucos irão admitir para consigo mesmo e “publicamente” que estavam equivocados em seus conceitos nas suas concepções filosóficas religiosas, ou enganados pela falta de conhecimento da informação do dado histórico do Concílio de Constantinopla em 553(ver acima) cuja omissão em divulgar pela Igreja Católica, e que surgiram a partir da reforma de Martim Lutero que,  em 31 de outubro de 1517  fixou as  95 Teses  na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, e que passaram a transmitir às novas gerações  com a omissão daquele fato com incultação, apregoação,  incutindo na mente das gerações vindouras para com os menos esclarecidos, da mentira de que reencarnação não existe.
O “ego” intelectualizado acomodado na sua teoria, criada e estabelecida há muito tempo, sofre reagindo sob o impacto intelectual da informação sobre a
mente, e o sentimento de dúvida que assalta o coração em ter que rver os conceitos,  reavaliar os valores, reciclar os pensamentos e reconfigurar as idéias, endurecendo o coração, e resistindo ao Espírito Santo no conflito interno na dúvida atroz e a hesitação entre o crer ou não crer.
HOMENS DE DURA CERVIZ E INCIRCUCISOS DE CORAÇÃO E DE OUVIDO, VÓS SEMPRE RESISTIS AO ESPÍRITO SANTO; ASSIM COMO FIZERAM VOSSOS PAIS, TAMBÉM VÓS O FAZEIS. ATOS 7:51
Alguns podem até passar a ser apóstatas, aquele que renuncia a sua religião e a sua fé.
Os egos ultra intelectualizados dos pastores, líderes religiosos, etc...etc..., não conseguem ver e sentir prejudicadas e ameaçadas, o pretígio das suas autoimagens conquistadas com muito esforço pelas quais ficaram conhecidos entre os membros das suas igrejas que lhe dera todo dinheiro, casa, comida, família e distinção nos meios intelectuais, não concebendo que, de uma hora para outra, possa surgir o sentimento de tempo perdido depois de tanto tempo de estudos teológicos e filosofias dedicadas a causa cristã, venha a sentir vergonha ou abatimento moral só pensar em ter que “bater de frente”  intelectualmente com teorias de outros ensinamentos que não aqueles que receberam da faculdade de Teologia e orientação das suas denominações religiosas de que reencarnação não existe.
Quem sabe se, os “doutores da lei”, formados  com phDs(grau de doutor) em Teologia de hoje em dia, não serão talvez, a reencarnação daqueles “escribas” que Jesus chamava a atenção para tomassem cuidado com eles, porque alteravam tudo de acordo com seus interesses, e capacidade de compreensão e entendimento para registrar os ensinamentos que seriam passados adiante?
Querendo ser mestres da Lei, e não entendendo nem o que dizem nem o que afirmam. 1 Timóteo 1:17
Dentro desta teoria reencarnacionista, eles nem sabem que, provavelmente, já foram e voltaram várias vezes, sem terem consciência disto, mas que, no entanto, continuam firmes com as mesmas  idéias sobre reencarnação de que ela não existe, e com o propósito de combater a teoria reencarnacionista, ao longo do transcender do tempo à que estavam presos.
É bem limitada a capacidade de compreensão e entendimento para transcender a noção de  espaço e tempo em  que cada um vive a sua experiência de viver a sua vida, presos aos valores dos seus ideais através dos tempos no momento atual nos dias de hoje.
“Não tendes limites em nós, mas estais limitados, presos, em, ou, aos vossos próptrios afetos. 2Coríntios6:12
Não só presos aos afetos, mas também aos desafetos.
E daquele conflito interno que surge entre o “ser ou não ser”, “crer ou não crer”, podem até partir para aquele pensamemto:
-“Se eu errei, e estou errado, então errado até ao fim. --- Mudar nunca.
Não é a essas  alturas dos acontecimentos que eu vou virar a “casaca”.
William Shakespeare,  poeta e escritor inglês, disse que: Entre o céu e a Terra, há muita muitas coisas que a nossa  vã filosofia não consegue explicar.
E Jesus: - Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar “agora” . João 16:12
O próprio Jesus já advertia sobre os cuidados, perigos e responsabilidades  de todos que interpretam a Lei, e tembém o evangélho.
Se não houvesse necessidade de se interpretar a Bíblia, não haveria necessidade destes versículos para sevirem da advertência.
“Ai de vós intérpretes, ou doutores da Lei! Porque tomastes a chave da ciência, ou da interpretação; contudo, vós mesmos não entrastes e impedistes os que estavam entrando”.  Lucas 11:52
Mas, ai de vós, escribas, farisues hipócritas! Pois fechais aos homens o reino dos céus ; e nem vós entrais nem deixais entrar aos que estão entrando, ou querem entrar, ou gostariam de fazê-lo. (conforme versão)
Não deixam entrar no Reino de DEUS, ou do céu interno.
“O reino de DEUS, ou dos céus, não está aqui nem acolá, porque está dentro de vós”. Lucas 17:21
E até hoje, quando é lido Moisés, o véu está posto sobre o coração deles. Mas, quando se converterem ao Senhor, então o véu será tirado. 2 Coríntios 3:15-16
Qual véu? O véu do entendimento.
Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da Glória de Cristo, que á a imagem de DEUS. 2 Coríntios 4:4
Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou DEUS loca a sabedoria deste mundo? 1Coríntios 1:20
Declaro a todos os que ouvem as palavras da profecia deste livro: Se alguém lhe acrescentar algo, Deus lhe acrescentará as pragas descritas neste livro.
Se alguém tirar alguma palavra deste livro de profecia, Deus tirará dele a sua parte na árvore da vida e na cidade santa, que são descritas neste livro. Apocalipse 22:18-19

A Supressão da Reencarnação

O CONCÍLIO DE CONSTANTINOPLA - 553 D.C.
A Supressão da Reencarnação
O Concílio de Constantinopla - 553 D.C.
A Reencarnação escamoteada e suprimida pela Igreja Católica. Por que será ?
Até agora, quase todos os historiadores da igreja romana acreditam que a Doutrina da Reencarnação foi declarada herética durante o Concílio de Constantinopla em 553 D.C, atual Istambul, na Turquia. No entanto, a condenação da Doutrina se deve a uma ferrenha oposição pessoal do finado imperador Justiniano, que nunca esteve ligado aos protocolos do Concílio. Segundo Procópio, uma mulher de nome Teodora, filha de um guardador de ursos do anfiteatro de Bizâncio, era a ambiciosa esposa de Justiniano, e na realidade, era quem manejava o poder. Ela, como cortesã, iniciou sua rápida ascensão ao Império. Para se libertar de um passado que a envergonhava, ordenou, mais tarde, o expurgo de quinhentas antigas "colegas" e, para não sofrer as conseqüências dessa ordem em uma outra vida como preconiza a lei do Carma, empenhou-se em suprimir toda a magnífica Doutrina da Reencarnação. Estava confiante no sucesso dessa anulação, decretada por Justiniano " em nome de DEUS " !
Em 543 D.C, o déspota imperador Justiniano, sem levar em conta o ponto de vista clerical, declarou guerra frontal aos ensinamentos de Orígenes - exegeta e Teólogo ( 185 - 235 D.C ), ( ver Obs. ao final ), condenando tais ensinamentos através de um sínodo especial. Em suas obras : De Principiis e Contra Celsum, Orígenes tinha reconhecido, abertamente, a existência da alma antes do nascimento e sua dependência de ações passadas. Ele pensava que certas passagens do Novo Testamento poderiam ser explicadas somente à luz da Reencarnação.
Do Concílio convocado por Justiniano só participaram bispos do oriente (ortodoxos). Nenhum de Roma. E o próprio "Papa", que estava em Constantinopla nesta ocasião, deixou isso bem claro.
O Concílio de Constantinopla, o quinto dos Concílios, não passou de um encontro, mais ou menos em caráter privado, organizado por Justiniano, que, mancomunado com alguns vassalos, excomungou e maldisse a doutrina da preexistência da alma, com protestos do Papa Virgílio, e a publicação de seus anátemas. Embora estivesse em Roma naquela época, o Papa Vigílio seqüestrado e mantido prisioneiro de Justiniano por oito anos, recusou-se a participar deste Concilio, quando Justiniano não assegurou o mesmo quórum de bispos representantes do leste e do oeste.
Uma vez convocado, o Concilio só incluiu 165 bispos da Cristandade em sua reunião final, dos quais 159 eram da Igreja oriental. Tal fato garantiu a Justiniano todos os votos de que precisava.
A conclusão oficial a que o Concílio chegou após uma discussão de quatro semanas teve que ser submetida ao "Papa" para ratificação. Na verdade, os documentos que lhe foram apresentados ( os assim chamados "Três Capítulos") versavam apenas sobre a disputa a respeito de três eruditos que Justiniano, há quatro anos, havia por um edito ( decreto ) declarado heréticos. Os "papas" seguintes, Pelagio I ( 556 - 561 D.C ), Pelagio II ( 579 - 590 D.C ) e Gregório ( 590 - 604 D.C ), quando se referiram ao quinto Concílio, nunca tocaram no nome de Orígenes.
A Igreja teve alguns concílios tumultuados. Mas parece que o V Concílio de Constantinopla II (553) bateu o recorde em matéria de desordem e mesmo de desrespeito aos bispos e ao próprio Papa Virgílio, papa da época.
Muitos inconformados alegam que esse Concílio não tratou da Reencarnação, e por isso a Igreja nunca esteve envolvida com tal princípio. Porém a verdade é que, os seus Cânons ( Regra geral de onde se inferem regras especiais ) do Magistério relacionado a este evento, mais especificamente o seu Cânon 11, trata da condenação das teses de Orígenes e suas referências à preexistência da alma. Vejamos uma versão em espanhol dessa parte decisória do Supremo Pontificado :
Magisterio del C.E II de Constantinopla :
[En parte idénticos con la Homología del Emperador, del año 551]
Can. 11. Si alguno no anatematiza a Arrio, Eunomio, Macedonio, Apolinar, Nestorio, Eutiques y Origenes, juntamente con sus impíos escritos, y a todos los demás herejes, condenados por la santa Iglesia Católica y Apostólica y por los cuatro antedichos santos Concilios, y a los que han pensado o piensan como los antedichos herejes y que permanecieron hasta el fin en su impiedad, ese tal sea anatema.
Aí está : O Cânon 11 ( Regra geral de onde se inferem regras especiais ) condenando Orígenes e suas teses da preexistência da alma. Ora, a preexistência do espírito com relação ao corpo vivificado por ele, é a base fundamental para a Teoria da Reencarnação, pois que, ao admitirmos o reencarne de um espírito, automaticamente estamos admitindo que ele já encarnou antes, pelo menos uma vez que seja.
Justiniano presidiu esse Concílio. Era um teólogo que queria saber mais de Teologia do que o Papa. Sua mulher, a imperatriz Teodora, foi uma cortesã e se imiscuía nos assuntos do governo do seu marido, e até nos de Teologia. Houve, portanto, a condenação da Doutrina da Preexistência, o que, "ipso facto", condenou também a reencarnação, pois não existe reencarnação sem a preexistência do Espírito.
VEJA COMO É FÁCIL CONCLUIR : Como a Doutrina da Reencarnação pressupõe a da preexistência do espírito, Justiniano e Teodora PARTIRAM, PRIMEIRO, PARA DESESTRUTURAR A DA PREEXISTÊNCIA, COM O QUE ESTARIAM, AUTOMATICAMENTE, DESESTRUTURANDO A DA REENCARNAÇÃO ( !!! )
Então, em 543 d.C, Justiniano publicou um édito, em que expunha e condenava as principais idéias de Orígenes, sendo uma delas a da preexistência. Em seguida à publicação do citado édito, Justiniano determinou ao patriarca Menas de Constantinopla que convocasse um Sínodo, convidando os bispos para que votassem em seu édito, condenando dez anátemas deles constantes e atribuídos a Orígenes [O Mistério do Eterno Retorno, pág. 127-127, Jean Prieur, Editora Best Seller, São Paulo, 1996].
A principal cláusula ou anátema que nos interessa é a da condenação da preexistência que, em síntese, é a seguinte : "Quem sustentar a mítica crença na preexistência da alma e a opinião, conseqüentemente estranha, de sua volta, seja anátema" ( William Walker Atikinson, Ed. Pensamento, São Paulo, 1997).
Vamos ver agora essa cláusula na íntegra e NO ORIGINAL EM LATIM :
"Si quis dicit, aut sentit proexistere hominum animas, utpote quae antea mentes fuerint et sanctae, satietatemque cepisse divinae contemplationis, e in deterius conversas esse; atque ideirco apofixestai id este refrigisse a Dei charitate, et inde fixás graece, id est, animas esse nuncupatas, demissasque esse in corpora suplicii causa : anathema !"
OU SEJA :
"Se alguém diz ou sustenta que as almas humanas preexistiram na condição de inteligências e de santos poderes; que, tendo-se enojado da contemplação divina, tendo-se corrompido e, através disso, tendo-se arrefecido no amor a Deus, elas foram, por essa razão, chamadas de almas e, para seu castigo, mergulhadas em corpos, que ele seja anatematizado !" ( O Mistério do Eterno Retorno, pág. 127-127, Jean Prieur, Editora Best Seller, São Paulo, 1996 ).
Como se não bastasse, o tal Concílio NÃO DEVERIA TER VALIDADE UNIVERSAL, POIS NÃO FOI CONVOCADO PELO PAPA VIGILIUS que, na ocasião, achava-se prisioneiro do Imperador Justiniano !!! Vejam : O Imperador Justiniano mandou prender o Papa !!!
Além disso, há registros do historiador Paul Brunton ( com décadas de estudos comparativos das religiões e das tradições antigas do Oriente e um dos pensadores e Escritores mais perceptivos em transcrever aquela sabedoria para o mundo ocidental ) que afirma que Justiniano anexou ao relatório do Concílio de Constantinopla (553) um documento do Sínodo de Constantinopla, 543 d.C ( Sínodo é uma Assembléia de um pequeno número de bispos de uma região, enquanto que o Concílio Ecumênico é uma assembléia de todos os bispos da Igreja ), dando a entender que a condenção da Reencarnação, feita pelo Sínodo, fosse do Concílio !!! Veja como manipularam as decisões desse Concílio !!!
Paul Brunton foi considerado pelo meio acadêmico, como o maior sábio inglês do Século 20. Sua Obra "Verdades em Perspectivas", relata a morte, no Oriente Médio, de mais de um milhão de pessoas, logo após o Concílio de Constantinopla (553), em choques com as forças de segurança de Justiniano, porque não aceitaram a condenação da reencarnação.
Vamos agora, por curiosidade, transcrever o início da introdução histórica desse célebre Concílio, contida na obra "Hefele, History of the Councils", Vol. IV, p. 289 :
“In accordance with the imperial command but without the assent of the Pope, the Council was opened on the 5th of May A.D. 553, in the Secretarium of the Cathedral Church at Constantinople. Among those present were the Patriarchs, Eutychius of Constantinople, who presided, Apollinaris of Alexandria, Domninus of Antioch, three bishops as representatives of Patriarch Eustochius of Jesuralem, and 145 other metropolitans and bishops, of whom many came also in the place of a sent colleagues”.
OU SEJA :
“De acordo com ordens do Imperador mas sem o consentimento do Papa, o Concílio foi aberto em 5 de maio de 553 da nossa era cristã, na Secretaria da Igreja Catedral em Constantinopla. Entre os presentes achavam-se os Patriarcas Eutichis de Constantinopla, quem presidiu, Apollinaris de Alexandria, Domninus de Antioquia, três bispos como representantes do Patriarca Eustochius de Jerusalém, e 145 outros bispos metropolitanos e bispos, dos quais VÁRIOS VIERAM TAMBÉM EM LUGAR DE COLEGAS AUSENTES.”
E por que tanta ênfase na condenação de Orígenes ??? Ora, Orígenes, em sua Obra Capital, “Dos Princípios”, livro I, passa em revista os numerosos argumentos que mostram, na preexistência e sobrevivência das almas em outros corpos, o corretivo necessário à desigualdade das condições humanas. De si mesmo inquire qual é a totalidade dos ciclos percorridos por sua alma em suas peregrinações através do Infinito, quais os progressos feitos em cada uma de suas estações, as circunstâncias da imensa viagem e a natureza particular de suas residências.
Está aí a argumentação de como É FACIL ESCAMOTEAR A VERDADE, quando dizem que o Concílio II de Constantinopla não condenou a Reencarnação. O termo "Reencarnação" não poderia mesmo constar em qualquer documento ORIGINAL, antes de 1853, quando Kardec o formalizou em suas Obras. REPITO : O que fizeram naquele Concílio foi enfraquecer as bases da pluralidade das existências. Como a Doutrina da Reencarnação pressupõe a da preexistência do espírito, Justiniano e Teodora PARTIRAM, PRIMEIRO, PARA DESESTRUTURAR A DA PREEXISTÊNCIA, COM O QUE ESTARIAM, AUTOMATICAMENTE, DESESTRUTURANDO A DA REENCARNAÇÃO ( !!! )
E a Igreja aceitou o edito de Justiniano - "Todo aquele que ensinar esta fantástica preexistência da alma e sua monstruosa renovação, será condenado" - como parte das conclusões do Concílio. Esta atitude da Igreja levou a reações tais como a do Cardeal Nicolau de Cusa que sustentou, em pleno Vaticano, a pluralidade das vidas e dos mundos habitados, com a concordância do Papa Eugênio IV (1431 -1447), embora isso provocasse descontentamento de influentes clérigos da Cúria Romana. Porém, havia e houve sempre o interesse em sepultar esse conhecimento. Então, ao invés de uma aceitação simples e clara da Reencarnação, a Igreja passou a rejeitá-la, justificando tal atitude com a criação de Dogmas que lançam obscuridade sobre os problemas da vida, revoltam a razão e impõem dominação, ignorância, apatia e graves entraves à autonomia da razão humana e ao desenvolvimento espiritual da humanidade.
Portanto, a proibição da Doutrina da Reencarnação foi um erro histórico, sem qualquer validade eclesiástica, mas que foi adotada, por satisfazer os interesses do Sacerdócio Profissional e suas pomposas celebrações que mais lembram as excentricidades dos cultos exteriores farisaicos do que a simplicidade vivificante do amor exemplificado por Jesus.
É fácil para qualquer pessoa leiga no assunto, entender porque a Reencarnação foi banida dos ensinamentos da Igreja, a qual planejava manter a hegemonia sobre as pessoas ingênuas e satisfazer a sua ambição material. Para citar apenas UM exemplo, lembremo-nos da “Venda de Indulgências” praticada pela Igreja Católica. Quanto a esse fato, fazem-se necessários alguns esclarecimentos :
- A Igreja Romana da época costumava dizer que algumas pessoas possuíam mais méritos do que tinham necessidade, para serem salvas. Por isso, esse "mérito extra" dessas pessoas poderia ser transferido - especialmente através de pagamento - para pessoas cuja salvação era duvidosa. Martim Lutero protestou contra esta prática, chamada de indulgência.
- No dia 31 de outubro de 1517, Lutero tornou públicas suas 95 Teses contra a venda de indulgências. Com este gesto desencadeou o processo da Reforma.
- Indulgências eram recibos de perdão de pecados passados e futuros. Os pecados eram perdoados a peso de ouro !
- Até pelos mortos podia-se comprar indulgências. Um dos nomes mais conhecidos em Roma, nessa ocasião da construção da Basílica de São Pedro, foi o do cardeal João Tetzel que viajava pelo mundo católico recolhendo contribuições para essa construção. Uma das suas declarações relacionadas à oportunidade das pessoas escaparem do Purgatório por meio de indulgências se tomou célebre : " No momento em que uma moeda tilinta no fundo do gazofilácio, uma alma escapa do purgatório ". Em outras palavras : " Quando o dinheiro na caixa cai, a alma do purgatório sai ".
- Em pouco tempo, as 95 Teses estavam espalhadas por toda a Alemanha.
- Em 30 de maio de 1518, Lutero enviou suas Teses ao Papa Leão X, pois estava convicto que o Papa iria apoiá-lo contra os abusos das indulgências.
- No dia 3 de janeiro de 1521, Lutero é oficialmente excomungado da Igreja Católica.
Nota : A Igreja Católica tem duas inesgotáveis "galinhas dos ovos de ouro" : o Purgatório e as Indulgências — sendo estas para salvar os ricos, os que têm dinheiro com que resgatar os seus pecados. Porém, lembremo-nos das palavras de Jesus, quando viu o jovem rico afastar-se dele por não se dispor a vender seus bens para segui-lo :
"Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino de Deus. ( Mt 19.23 ). Entretanto, dentro do ensino católico, essa entrada se tornou fácil para os ricos, e pouco importa se eles são bons ou não : as indulgências abrem-lhes as portas.
E os pobres que continuem sofrendo neste mundo e que paguem no purgatório por séculos sem fim, o castigo dos seus pecados, porque não têm dinheiro para missas e indulgências, mui­to embora Jesus houvesse dito: ... aos pobres é anunciado o Evangelho ( Mt 11.5 ). Porém o Papa Leão X ensinava que uma pessoa rica poderia doar terras e bens materiais à Igreja e assim comprar um lote de terreno no paraíso. ( SIC )
Não é por acaso que a Igreja Católica é um dos maiores proprietários de terras e imóveis em todo o mundo. Os banqueiros melhor informados calculam as riquezas do Vaticano entre DEZ A QUINZE BILHÕES ( Eu disse BILHÕES ) DE DÓLARES. Ele ( Vaticano ) possui grandes investimentos em bancos, seguros, produtos químicos, aço, construções, imóveis etc. SOMENTE OS DIVIDENDOS servem para manter de pé toda a organização, INCLUÍDAS AS OBRAS DE BENEFICIÊNCIA. Tal fortuna vem sendo ACUMULADA em função das reaplicações no mercado. Nos pátios do Vaticano, encontram-se todos os símbolos de uma multinacional : Estacionamento repleto de Mercedes último tipo pretas, com motorista. A Cúria Romana possui hoje, um patrimônio que talvez seja o mais valioso do mundo pertencente a uma Instituição.
Será que Bancos Comerciais, Seguradoras, Produtos Químicos, Industria do Aço, Construções, Imóveis ( são centenas espalhados pela Itália ), automóveis Mercedes, também fazem parte do "Patrimônio Mundial da Humanidade" ? Ou pertencem ao "Patrimônio Particular do Vaticano" ?
Por que, ao invés de reaplicar o dinheiro, o Vaticano não o redistribui para os mais carentes ? Será que é mesmo necessário ACUMULAR CERCA DE 15 BILHÕES DE DÓLARES para manter a Igreja Romana ?
E a própria Revista "Isto É - Dinheiro" revela a situação financeira do Vaticano, que apesar das dificuldades, mantém um Patrimônio, revelado pela própria Cúria Romana, de 5 bilhões de dólares mais 3,2 bilhões de dólares depositados no Banco do Vaticano. E se essas cifras são reveladas pela própria Igreja, então, é sinal que o montante pode ser muito maior. E a Revista ainda diz : "... O pontífice tem ainda 1 mil apartamentos registrados em seu nome na capital italiana, Roma." Para confirmar, acesse :
http://www.terra.com.br/istoedinheiro/255/negocios/255_santa_crise.htm
Todos nós, e até mesmo os Católicos, não podemos acreditar que Deus prefira manter ouro e luxo nas suas Igrejas ao mesmo tempo que muitos de seus filhos morrem de fome pelo mundo.
Se um representante do Vaticano, hipoteticamente, perguntasse a Cristo: " Que devo fazer para obter a vida eterna ? " Certamente que Cristo não poderia responder de um modo diferente deste : " Se quiseres ser perfeito, vai, vende o que tens (....) ". E a Igreja lhe deveria objetar : " Se queres que eu cumpra a tua ordem de representar-Te na Terra, devo possuir os meios do mundo ".
O problema é saber se isto, que é uma necessidade imposta pela realidade da vida, é traição de princípios, é prostituição do ideal. É lícito arrogar-se à posição de representantes de Cristo sem seguir os seus ditames ?
Isto significa que o Cristianismo atual não é feito só por Cristo, mas é um seu produto, depois manipulado e adaptado pelos homens para seu uso. Resultou disso uma Igreja que é uma mistura de humano e de divino, nasceu um produto que parece híbrido, e que por querer ser as duas coisas não é exclusivamente nem uma nem outra.
Conta-se que Tomás de Aquino, o "doutor angélico" da Igreja Romana (1330 d.C.), ao visitar o Papa Inocêncio IV, este, depois de lhe haver mostrado toda a fabulosa riqueza do Vaticano, disse, fazendo alusão às palavras de Pedro ao coxo da porta Formosa :
- Vês, Tomás? A Igreja não pode mais dizer como nos primeiros dias: " Não tenho prata nem ouro..."
- É verdade - confirmou Tomás - Mas também não pode mais dizer ao coxo : " Levanta-te e anda ".
Estamos orando para que a Igreja possa dizer sempre com fé e convicção :
" Não possuo nem prata nem ouro, mas o que tenho, isso te dou : Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, anda ! " (Atos 3.6).(§ 11).
- Conclusão Geral : Tal fato só poderia ser levado a termo se as pessoas desconhecessem que não era preciso “comprar” suas salvações e sim trabalharem intimamente a Reforma Espiritual para se tornarem dignos de elevação na Escala dos eleitos de Deus. Portanto a eliminação do princípio da Reencarnação era muito conveniente para a Igreja Católica.
Se nos reaproximarmos da doutrina da Reencarnação, afastando a dogmática crença na ascensão do corpo físico de CRISTO crucificado, crescerá no coração de cada um, e mesmo no coração daqueles que se educaram dentro do cristianismo católico, a fé nas verdades puras, ensinadas pelo próprio CRISTO.
"Naquele tempo os discípulos o interrogaram dizendo: Por que dizem pois os escribas que Elias deve vir primeiro? Ele respondeu: Digo-vos, porém, que Elias veio e não o reconheceram, antes fizeram dele o que quiseram. Então os discípulos compreenderam que tinha falado de João Batista" (Mateus cap.17 vers.10 a 13).
"...não pode ver o reino de DEUS senão aquele que nascer de novo..." (João cap.3 vers.3 a 10 - CRISTO ensinando reencarnação a Nicodemos).
Obs.:
Orígenes de Alexandria
Exegeta e Teólogo, jovem cristão filho de mártires, foi um profundo conhecedor das Sagradas Escrituras e também estudioso da Filosofia Grega, a qual foi levada ao seu maior brilho, graças à atuação desse notável intelectual.
Na História da Igreja, além de ser o maior erudito religioso de sua época, Orígenes foi o primeiro grande intérprete das Escrituras. A partir dele praticamente todos os demais santos padres, de um modo ou de outro, seguiram os caminhos por ele indicados neste assunto. É apontado por vários historiadores como um dos maiores gênios cristãos de todos os tempos e dono da mais vasta cultura que se possa imaginar. Estabeleceu as regras de conservação e interpretação da Bíblia e lançou os fundamentos da reflexão cristã para os séculos vindouros. Apologista de grande valor e de rara fecundidade literária, tentou uma fusão entre o Cristianismo e o Platonismo ( Doutrina caracterizada pela preocupação com os temas éticos, visando toda a meditação filosófica ao conhecimento do Bem, conhecimento este que se supõe suficiente para a implantação da justiça entre os Estados e entre os homens ).
Orígenes nos encanta por sua apurada visão Espiritual e sua maneira especialmente lúcida de abordar a mensagem de Cristo. Nascido por volta de 185 de nossa era, em Alexandria - onde ficava a famosa biblioteca, marco único na história intelectual humana, e que foi destruída pela ignorância e sede de poder dos romanos e, depois, por pseudo-cristãos ensandecidos e fanáticos, Orígenes, desde cedo teve contato com a doutrina Cristã, especialmente com seu pai, Leonídio, que foi martirizado em testemunho de sua fé.
Com isso, a família de Orígines passou a ser estigmatizada, tendo sido sequestrado todo o patrimômio que lhe pertencia. Para sobreviver, o jovem e brilhante Orígines passou a lecionar para ganhar seu sustento. Mente curiosa e aberta, dedicava-se ao estudo e a discussão da filosofia, notadamente Platão e os estóicos. Orígenes teve a mesma formação intelectual que viria a ter Plotino, na escola de Amônio Sacas e, com certeza, as doutrinas ditas orientais não lhe eram estranhas, e muito menos a ênfase num conhecimento pisíquico direto com o transcendente, que era típica da escola de Amônio, fundador do neoplatonismo e, também, um simpatizante ( pelo menos em parte ) do Cristianismo.
A Doutrina Palingenética, ou seja, da Reencarnação, era bem conhecida por Platão e Sócrates. Tal Doutrina, foi muito familiar a Orígenes em sua fase de formação, e posteriormente ele viria a divulgá-la abertamente, e este foi um dos motivos pelos quais foi perseguido pela vertente católico romana. Morreu em 254 D.C, na cidade de Tiro, em virtude da perseguição de Décio, mais conhecido pelo nome de Trajano, o qual era um incansável opositor do Cristianismo. Temos hoje, dessa forma, poucos de seus escritos, mesmo assim, devidamente "maquilados".
Orígenes, é citado por Historiadores, como autor de aproximadamente 6.000 obras, todas em grego. Os escólios ( interpretações ) sobre as Sagradas Escrituras são reconhecidas como os melhores trabalhos desse grande Teólogo. Boa parte das que se conservaram, deveu-se à obra de tradução para o latim do Monge Rufino, que residia no monte das Oliveiras, e do Monge São Jerônimo, o tradutor da Vulgata, que residia em Belém.
Principais Trabalhos :
* Hexapla, seis traduções das Escrituras dispostas em colunas paralelas.
* Comentários e homilias sobre Gênesis, Êxodo, Levítico, Números, Josué, Juízes, Livro dos Reis, Jó, Salmos, Cântico dos Cânticos, Isaías, Jeremias, Ezequiel, S. Mateus, S. Lucas, S. João, Epístola a Romanos.
* Tratados gerais: De Principiis ( contém a exposição de sua Doutrina ) e Tratado contra Celso.
**********
OBS : Bibliografia relacionada à supressão da Reencarnação, ocorrida no Concílio de Constantinopla :
NOTA : Caso haja interesse em adquirir os Livros abaixo, o Leitor pode acessar o Site da Loja Virtual Candeia Net : www.candeianet.com.br . Na Página principal, selecione a opção "AUTOR" e digite os dois primeiros nomes do mesmo, no campo abaixo do termo "BUSCAR".
1) Reencarnação - O Elo Perdido do Cristianismo, de Elisabeth Clare Prophet, Editora Nova Era.
Você vai saber como a Reencarnação esclarece os antigos conceitos cristãos, como o batismo, a ressurreição e o reino de Deus. Veremos também como os Patriarcas da Igreja suprimiram a Reencarnação da teologia cristã e por que a Reencarnação pode resolver muitos dos conflitos que atualmente afligem a humanidade. Observe a partir da pág. 211 ( 3ª Edição ): "...Justiniano, que reinou de 527 a 565, foi o imperador mais hábil depois de Constantino - e o que mais ativamente interferiu na teologia cristã. Emitiu éditos ( ordens judiciais ), esperando que a Igreja endossasse os mesmos sem questionar. Nomeou bispos e mandou até mesmo prender o Papa. Sua esposa Teodora, antiga cortesã, manipulava os assuntos da Igreja nos bastidores..."
2) Analisando as Traduções Bíblicas, de Severino Celestino da Silva, Idéia Editora.
Análise da tradução dos Textos Bíblicos, principalmente os considerados mais divergentes, com relação à Doutrina Espírita. Mostra as distorções nas traduções do hebraico para as línguas grega e latina. Utiliza vários textos escritos em caracteres hebraicos. Verifique nas págs. 157 a 159 ( 4ª Edição ), conforme o texto : "...Teodora teve muita influência nos assuntos do governo do marido e até no que se referiu à teologia. Foi ela quem acomodou os monges egípcios e os clérigos celíacos nos vários palácios da capital e sobretudo no palácio de Hormisdas, que se tornara o centro da propaganda monofisista..." .
"...Por ter sido ela uma prostituta, suas ex-colegas se sentiam orgulhosas e decantavam tal honra. Mas esse fato a revoltara e se constituía numa desonra, fazendo com que mandasse matar todas as quinhentas prostitutas de Constantinopla".
3) A Reencarnação Segundo a Bíblia e a Ciência, de José Reis Chaves, Editora Martin Claret. Nesta Obra, é citada a fonte : O Mistério do Eterno Retorno, de Jean Prieur, Editora Best Seller.
Crer na Reencarnação implica negar a Ressurreição ? Respostas a essas perguntas você encontrará neste livro, no qual a Reencarnação é vista como realidade histórica, bíblica e científica. Constate que no Capítulo 8, páginas 185 em diante ( 5ª Edição ), o relato se assemelha com os registros obtidos do Livro "Analisando as Traduções Bíblicas", citado anteriormente. A Bíblia tem seu valor e merece o nosso respeito. É óbvio que os erros nela existentes não são de Deus, são dos homens, sejam eles do mundo físico ou espiritual - conclui o notável Escritor.

Não fique só neste trabalho de pesquisa, porque existem muitos outros, para que cada um possa ter acesso ao conhecimento, estudar, comparar e analisar, e tirar cada um as suas próprias conclusões sobre a veracidade ou não dos fatos, acontecimentos históricos. E dizer que neste evento do Concílio de Constantinopla em 523, não foi aprovado à proibição do ensinamento sobre reencarnação, só porque não quis, Theodora, mulher do imperador romano Justiniano I, é querer tapar o sol com a peneira, e agir como aqueles sacerdotes e os anciãos que no tempo de Jesus, que logo após a sua morte e ter ressuscitado, deram dinheiro e mandaram os soldados espalhar um boato, dizendo que de noite estando eles dormindo, os discípulos vieram e roubaram o corpo. E esta história foi divulgada, para criar confusão e dúvidas, incertezas e descrédito na ressuscitação e ressurreição de Jesus, espalhando-se até aos dias de hoje pelos judeus, conforme passagem bíblica em Mateus 28.

Pense bem.

Para dar no que pensar.

Crer ou não crer, problema de cada um. Podem até não gostar nem acreditar, que é um direito. Mas, todos são obrigados a uma “coisa", a constatar. .. . . Querer excluir um ensinamento de uma doutrina, seja ela qualquer que seja, científica, filosófica ou religiosa, implica não somente proibir que se divulgue o conteúdo das suas máximas dos seus cânones, diretrizes filosóficas intelectuais que procuram orientar, direcionando, por todos os meios em qualquer meio, influenciar o comportamento, a postura de qualquer um, para uma outra visão, e conseqüentemente, a postura, a opinião, o comportamento, perante as outras visões possíveis ou não da realidade, interna ou externa, visível ou invisível, mas, também, procurasse eliminar também de todos os meios de divulgação, todas e quaisquer palavras das expressões intelectuais, alusivas, que lembrem aquela doutrina.

  Este estratagema de como eliminar, retirar, alterar uma idéia, uma palavra, uma expressão intelectual, um objeto, uma prova, um fato, seja lá o que for, do qual dele se utiliza, o estratagema, plano a ser realizado para enganar os outros, em querer fazer com que os outros pensem como ele quer que pensem... é comum em todos em todos os segmentos das atividades humanas quer na política, filosofia, ciência, religião, e o militarismo. "O mundo inteiro está no poder do Maligno."1J05:19 E em, tratando-se de religião com a existência das várias denominações religiosas, crentes evangélicos, ou seitas que se utilizam da Bíblia, e todas as outras que tratam, ensinam e divulgam assuntos sobre a espiritualidade,... aí.... é tudo isso que se vê por aí.

Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais também uns aos outros. Gálatas 5:15 Mas se vocês se mordem e se devoram uns aos outros, cuidado para não se destruírem mutuamente. Gálatas 5:15 Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada; Mateus 10:34

E odiados de todos sereis por causa do meu nome; mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo. Mateus 10:22

 ........ Uma geração má e adúltera pede um sinal, porém, não se lhe dará outro sinal senão o sinal do profeta Jonas; Mateus 12:39 Não só adulteram, no sentido comum do entendimento de pecar contra o mandamento de que não se deve cometer adultério, que é o pecado contra a virtude da fidelidade, mas também adulteram no sentido mais amplo, abrangente de tudo, nos vários níveis de ser, ter, fazer, realizar, e sentir. Adulteram a assinatura dos contratos. Adulteram a natureza íntima da matéria de várias substâncias, para o bem ou para o mal, motivados por causas nobres, ou pela ganância e ambição em ganhar dinheiro em detrimento da saúde e do bem estar de todos. Adulteram a própria consciência, ao tentar cauterizá-la, eliminá-la, querendo se ver livre dos conflitos internos entre o bem e mal, que se sentem tentados a praticar a qualquer tipo de forma do mal com que se apresenta e manifesta a qualquer momento nas mais variadas circunstâncias da vida. Cada um responderá por si mesmo.

 “Assim, pois, cada um de nós dará contas de si mesmo a Deus".(Rom., C.14,v.12)

Pois todos nós devemos comparecer perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba de acordo com as obras praticadas por meio do corpo, quer sejam boas quer sejam más. 2 Coríntios 5:10 6 6- O qual recompensará cada um segundo as suas obras; Romanos 2:5-6

E o Tribunal que todos têm medo de enfrentar é justamente o Tribunal da própria Consciência,

 

Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.

1 Coríntios 3:16,17

 

"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito na verdade, está pronto; mas, a carne é fraca." Mateus 26:41 “Ora, Deus não é de mortos, mas sim, é Deus de vivos. Por isso vós errais muito, ou, laborais em grande erro." Marcos 12:27

 

O desgaste sexual, é que nem a poupança do " banco". . Se, o indivíduo só for gastando, gastando sem nunca repor, um dia termina, e. não adianta mais querer gastar, porque não vai dar mais.

  A reencarnação na Bíblia?

 

 

NÃO SE DISCUTE A FÉ NEM A CRENÇA DE CADA UM, O QUE SE DISCUTE SÃO AS INFORMAÇÕES

A RESPEITO DOS ASSUNTOS QUE CADA UM AFIRMA TER CONHECIMENTO.

AÍ, AS INFORMAÇÕES, SÃO ÁREA LIVRE PARA DISCUSSÃO. O ÁTRIO, PÁTIO, LUGAR COMUM, PÚBLICO, MUNDO EXTERNO, ONDE TUDO É DISCUTIDO.

 

Mas, é bom estar bem informado sobre o que anda por aí, para que o livre arbítrio tenha liberdade de escolha,

das múltiplas interpretações, em todos os instantes da vida, nas mais variadas circunstâncias.

 

Ainda que alguém “ache” que saiba tudoteoricamente sobre esoterismo, ocultismo,

e toda a ciência hermética,  e ainda que saiba a Bíblia de cor, não se torna ainda, um bom cristão.



A rEENCARNAÇÃO?!... na Bíblia?!...
 

 

 

 

Outro assunto que dá no que pensar, entre os crentes evangélicos, os ateus convictos, e os que gostam de assuntos concernentes a espiritualidade,é sobre a  reencarnação.

Na Bíblia não consta a palavra “reencarnação”, porque é uma palavra mais nova. Naquele tempo, havia confusão com o que seria “ressurreição”.Reencarnação, pelo que se sabe, quer dizer voltar à carne. Indo parao “outro lado” através da morte, e depois de uns “tempos, que variam para cada um”, voltam a este plano material, físico, adquirindo outro corpo.Na Bíblia, temversículos que conforme forem interpretados, dão no que pensar, se há realmente esta possibilidade.Cristo e Elias, já eram esperados.O profeta Malaquias, em C.3,v.1 e C:4,V.5, já  havia anunciado 450 anos antes, que Elias voltaria.

 

O próprio Jesus já advertia sobre os cuidados, perigos e responsabilidade de todos que interpretam a Lei, e também o evangelho.

Se não houvesse necessidade de se interpretar a bíblia, não haveria necessidade destes versículos para servir de advertência.

 

“Ai de vós intérpretes, ou doutores da Lei! Porque tomastes a chave da ciência, ou, da interpretação; contudo, vós mesmos não entrastes e impedistes os que estavam entrando.” (S.Lucas,C.11,v.52)

 

S.Mateus,C.23,v.13

13 – Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais

Não deixam entrar no Reino de DEUS, ou dos céus interno’

O Reino de DEUS, ou dos céus, não está aqui nem acolá, porque está dentro de vós. S.Lucas,C.17:21

No Velho Testamento

Malaquias 3

1

Eis que eu envio o meu mensageiro, que preparará o caminho diante de mim; e de repente virá ao seu templo o Senhor, a quem vós buscais; e o mensageiro da aliança, a quem vós desejais, eis que ele vem, diz o SENHOR dos Exércitos.

Malaquias 4


 

5

Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do SENHOR;



 

3

Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do SENHOR; endireitai no ermo vereda a nosso Deus.


 


 

Mateus 3:3

Porque este é o anunciado pelo profeta Isaías, que disse: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, Endireitai as suas veredas.

Marcos 1:3

Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, Endireitai as suas veredas.

Lucas 3:4

Segundo o que está escrito no livro das palavras do profeta Isaías, que diz: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor; Endireitai as suas veredas.

João 1:23

Disse: Eu sou a voz do que clama no deserto: Endireitai o caminho do Senhor, como disse o profeta Isaías.


 

O povo daquela época já acreditava na possibilidade de alguém que já tivesse existido em outra vida em épocas, ou tempos anteriores, voltar à vida em outro corpo.

É feita referência ao caso de João Batista, em que Jesus disse biblicamente, que ele era o Elias.

S.Mateus,C.11

V2. E João, ouvindo no cárcere,(prisão), falar dos feitos de Cristo, enviou dois dos seus discípulos,

V3. A dizer-lhe:És tu aquele que havia de vir, ou esperamos outro?

V4.E Jesus, respondendo, disse-lhes: Ide, e anunciai a João as coisas que ouvis e vedes:

V7.E, partindo eles, começou  Jesus a dizer às turbas, a respeito de João: Que fostes ver no deserto uma cana agitada pelo vento

V8.Sim, que fostes ver?   um homem ricamente vestido?   Os que trajam ricamente estão nas casas dos reis.

V9.Mas, então o que fostes ver, um profeta?  Sim, vos digo eu, e muito mais que um profeta;

10.Porque é este de quem está  escrito: Eis aqui diante da tua face envio o meu anjo, que preparará diante de ti o teu caminho.

11.Em verdade vos digo que, entre os que de mulher têm nascido, não apareceu alguém maior do que João Batista; mas aquele que é o menor no reino dos céus é maior do que ele.

12.E, desde os dias de João Batista até agora, se faz violência ao reino dos céus, e pela força se apoderam dele.

13.Porque todos os profetas e a lei profetizaram até João.

14. E, se quereis dar crédito, é este o Elias que havia de vir.

15.Quem tem ouvidos ouça.

Jesus não disse que era o “espírito de Elias no João Batista”.

Aí, já se estaria lidando com o mistério da mediunidade.

E isto é outro assunto.

Consta em outras versões bíblicas que: até João o reino de Deus, era tomado a força, por assalto, e até violência, e os valentes o conquistavam. Para mim, é como se estivesse dizendo que, após Jesus Cristo, não é mais assim. A partir D’Ele, o reino dos céus, se conquista pela fé, pelo amor, justiça, virtudes, conhecimento, poder, humildade, caridade, não exaltação, isto porque, como está escrito, quem se exalta, será humilhado, e quem se humilha será exaltado. Não soberba, não orgulho, não prepotência, não egoísmo.

 

São Mateus,C.17

V10.E os seus discípulos o interrogaram, dizendo:

Por que dizem então os escribas que é mister que Elias venha primeiro?

V11.E Jesus, respondendo, disse-lhes: Em verdade Elias virá primeiro, e restaurará todas as coisas;

V12.Mas digo-vos que Elias já veio, e não o conheceram, mas fizeram tudo o que quiseram. Assim farão eles também padecer o Filho do Homem.

V13.Então entenderam os discípulos que lhes falara de João Batista.

 

Como pode então, João Batista, vivo, afirmado por Jesus, ser o Elias que haveria de vir, senão, através do que se conhece como reencarnação?

E através de estudos, no Velho Testamento, Elias era um homem bem diferente de João. Ele, Elias, é conhecido biblicamente como aquele que fez desaparecer umpelotão de soldados que a mando do rei, foram buscar Elias nas montanhas. Portanto não era um homemqualquer que poderiam fazer o que queriam com ele.

E depois, naquele teste para se verificar qual era o Deus mais poderoso, em que Elias mandou os sacerdotes de Baal erigir um altar de pedras e,em redor, um fosso com água, e cortar e colocar um novilho em cima, molhando várias vezes com água, e invocar o deus deles, e nada aconteceu.

E,Elias invocando a Deus, caiu fogo que fez com que tudo aquilo desaparecesse.

E em seguida mandou que fossemmortos a fio de espada todos os sacerdotes.

 

1º Reis,C.18

22

Então disse Elias ao povo: Só eu fiquei por profeta do SENHOR, e os profetas de Baal são quatrocentos e cinqüenta homens.

 

 

 

19 

Agora, pois, manda reunir-se a mim todo o Israel no monte Carmelo; como também os quatrocentos e cinqüenta profetas de Baal, e os quatrocentos profetas de Asera, que comem da mesa de Jezabel.

20 

Então Acabe convocou todos os filhos de Israel; e reuniu os profetas no monte Carmelo.

21 

Então Elias se chegou a todo o povo, e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o, e se Baal, segui-o. Porém o povo nada lhe respondeu.

22 

Então disse Elias ao povo: Só eu fiquei por profeta do Senhor, e os profetas de Baal são quatrocentos e cinqüenta homens.

23 

Dêem-se-nos, pois, dois bezerros, e eles escolham para si um dos bezerros, e o dividam em pedaços, e o ponham sobre a lenha, porém não lhe coloquem fogo, e eu prepararei o outro bezerro, e o porei sobre a lenha, e não lhe colocarei fogo.

24 

Então invocai o nome do vosso deus, e eu invocarei o nome do Senhor; e há de ser que o deus que responder por meio de fogo esse será Deus. E todo o povo respondeu, dizendo: É boa esta palavra.

25 

E disse Elias aos profetas de Baal: Escolhei para vós um dos bezerros, e preparai-o primeiro, porque sois muitos, e invocai o nome do vosso deus, e não lhe ponhais fogo.

26 

E tomaram o bezerro que lhes dera, e o prepararam; e invocaram o nome de Baal, desde a manhã até ao meio dia, dizendo: Ah! Baal, responde-nos! Porém nem havia voz, nem quem respondesse; e saltavam sobre o altar que tinham feito.

27 

E sucedeu que ao meio dia Elias zombava deles e dizia: Clamai em altas vozes, porque ele é um deus; pode ser que esteja falando, ou que tenha alguma coisa que fazer, ou que intente alguma viagem; talvez esteja dormindo, e despertará.

28 

E eles clamavam em altas vozes, e se retalhavam com facas e com lancetas, conforme ao seu costume, até derramarem sangue sobre si.

29 

E sucedeu que, passado o meio dia, profetizaram eles, até a hora de se oferecer o sacrifício da tarde; porém não houve voz, nem resposta, nem atenção alguma.

30 

Então Elias disse a todo o povo: Chegai-vos a mim. E todo o povo se chegou a ele; e restaurou o altar do Senhor, que estava quebrado.

31 

E Elias tomou doze pedras, conforme ao número das tribos dos filhos de Jacó, ao qual veio a palavra do Senhor, dizendo: Israel será o teu nome.

32 

E com aquelas pedras edificou o altar em nome do Senhor; depois fez um rêgo em redor do altar, segundo a largura de duas medidas de semente.

33 

Então armou a lenha, e dividiu o bezerro em pedaços, e o pôs sobre a lenha.

34 

E disse: Enchei de água quatro cântaros, e derramai-a sobre o holocausto e sobre a lenha. E disse: Fazei-o segunda vez; e o fizeram segunda vez. Disse ainda: Fazei-o terceira vez; e o fizeram terceira vez;

35 

De maneira que a água corria ao redor do altar; e até o rêgo ele encheu de água.

36 

Sucedeu que, no momento de ser oferecido o sacrifício da tarde, o profeta Elias se aproximou, e disse: Ó Senhor Deus de Abraão, de Isaque e de Israel, manifeste-se hoje que tu és Deus em Israel, e que eu sou teu servo, e que conforme à tua palavra fiz todas estas coisas.

37 

Responde-me, Senhor, responde-me, para que este povo conheça que tu és o Senhor Deus, e que tu fizeste voltar o seu coração.

38 

Então caiu fogo do Senhor, e consumiu o holocausto, e a lenha, e as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rêgo.

39 

O que vendo todo o povo, caíram sobre os seus rostos, e disseram: Só o Senhor é Deus! Só o Senhor é Deus!

40 

E Elias lhes disse: Lançai mão dos profetas de Baal, que nenhum deles escape. E lançaram mão deles; e Elias os fez descer ao ribeiro de Quisom, e ali os matou.


 

 

E a sacerdotisa de Baal, Jezabel, quando soube do acontecido, jurou que os deuses a castigasse,

se  até no outro dia até aquela mesma hora, Elias estaria morto pelo mesmo modo pelo qual mandou matar a  todos os sacerdotes.

 E foram muitos os sacerdotes, de 450,até 490,conforme versão bíblica.

 

1º Reis,C.19

1 E Acabe fez saber a Jezabel tudo quanto Elias havia feito, e como totalmente matara todos os profetas à espada.

2 Então Jezabel mandou um mensageiro a Elias, a dizer-lhe: Assim me façam os deuses, e outro tanto, se de certo amanhã a estas horas não puser a tua vida como a de um deles.

 


Elias sabendo disso, ficou com medo e fugiu.

 

 

Esta passagem bíblica está em 1ºReis,C.18, vs.17 a 40, e 1ºReis,C.19,v.1 a 3.

O profeta Malaquias, em C:4,V.5, já  havia anunciado 450 anos antes, que Elias voltaria.

 

Há referências de que entre a manifestação de Elias e a de João Batista, jáhavia passado, mais ou menos de uns 700  à 750 anos.

Se está escrito que, 1000 anosnossos, é que nem um dia para Deus, então, ainda não teria passado um dia para Deus.

E Jezabel jurou queaté aquela mesma hora no outro dia ele estaria morto.( 1Reis,C.19,v.1a3)

Seria mais ou menos a mesma hora em termos de tempo de realização de DEUS.

Os padrões de tempo, ou, unidades de medida de tempo, do ser humano, não são os mesmos que DEUS, utiliza para realizar as suas obras, as quais são atemporais, isto é, fora dasimpressões e percepções humanas do que venha ser tempo.

As impressõese percepções que o ser humano tem a respeito do que vem a ser o tempo, são condicionamentos mentais, criado pelo próprio homem (sentido filosófico homem e mulher),ao criar o calendário, dividindo o dia em horas, minutos e segundos, e depois em semanas, meses e por fim, anos.

E esse erro de avaliação de tempo na observação da criação da obra de DEUS, comete-se ao se afirmar que DEUS criou tudo em 6, seis dias, e depois descansou, mas isto, dentro do padrão de avaliação de tempo humano.

A criação de tudo porDEUS, é atemporal. Hoje ainda acontece a criação.

Os dinossauros, estão aí pra dizer isto.

Pela ciência, a aparição do homem(sentido filosófico, homem e mulher) é recente.

E pela Bíblia, o homem foi criado no sexto dia.

Pode-se dizer então que estamos no sexto dia da criação.

Ou ainda, no final do sexto dia.

Pois o modelo de Homem, o filho primogênito da criação das criaturas de DEUS, foi Jesus.

João 5:17 – E Jesus lhes respondeu: Meu Pai trabalha até agora, e eu trabalho também.

O que se pode deduzir que o tempo do descanso, o 7º sétimo dia, ainda está por vir.

Hebreus 3:11 – Assim jurei na minha ira, que não entrarão no meu descanso, ou repouso.

Hebreus 3:18 – E a quem jurou que não entrariam no seu repouso, senão aos que foram desobedientes

O único que está fora do tempo, é o próprio DEUS, pois sabe-se que Ele não tem início e não tem fim, é o que se conhece com sendo ETERNO.

E ainda com os três atributos, Onisciente, Onipresente, e Onipotente.

O tempo é para a criação.

DEUS fez tudo, Dele,por Ele, e para Ele.

Romanos 11


33

Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos!

34

Porque quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro?

35

Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado?

36

Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.

Porque nele vivemos, e nos movemos, e existimos; como também alguns dos vossos poetas disseram: Pois somos também a sua geração.

Atos dos Apóstolos 17:28



Diógenes, filósofo grego, anterior a Jesus Cristo, procurava com uma lanterna, lamparina,

em pleno sol a pino, meio-dia, um homem.

Entre 400 à 500 anos depois, Pilatos quando apresentou Jesus a turba vociferante, pra decidirem entre Ele ou Barrabás, ele disse: Eis aqui o HOMEM.

O mesmo acontece com a avaliação de tempo entre a manifestação de Elias e ele como João Batista.

Elias, quando veio como João Batista,“a voz que clama do deserto,” veio mais calmo, preparando os caminhos para Jesus, sofrendo a mesma penaque aplicou, aos sacerdotes de Baal, quando mandou matá-los.

 

Elias sofreu a mesma pena com que aplicou aos sacerdotes de Baal.

E isto, este evento, da morte de João Batista, é baseado na lei de causa e efeito, que foi ensinado pelo próprio Jesus em: S Mateus, C.7,v.1,2  e C.7,v.12

“Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o mesmo juízo com que

julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.”

“Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lhotambém vós, porque esta é a Lei e os profetas.”

E oque foi que Jesus disse a Pedro quando puxou da espada e cortou a orelha de um daqueles que vieram prender ?

“EntãoJesus disse-lhe: Embainha a tua espada; porque todos os que lançarem mão da espada, à espada morrerão.”(S. Mateus,C.26,v.52 )

Popularmente é conhecido como “Lei do Retorno,ou, cuidado,“olha a volta”.

Ou, na voz do povo: “Aqui se faz e aqui se paga.”

Só que a maioria não percebeu ainda, não “atinou” que entre a ida e a volta podem se passar muitos anos entre uma e outra encarnação, como no caso acima, entre Elias e João Batista.                                                                

Acreditar ou não, é um problema de cada um.

É muita coincidência que uma mulher, Jezabel, tenha jurado matar Elias, 700ou 750

anos  atrás por ter matado os sacerdotes, “uns 450, ou 470, e depois, quando veio como João Batista, a decisão entre a vida e a morte dele, tenha sido colocada nas mãos de uma mulher, pagã,que optou pela morte do mesmo modo com que ele fez aos outros.

Por que uma mulher, podendo ter um reino material, do rei, implicou com o João Batista, aconselhando a filha a pedir, a sua cabeça?

Não seria também a rainha, a reencarnação de Jesabel, a sacerdotisa que jurou vingança querendo que aplicar  em Elias, a mesma pena que aplicou aos sacerdotes do Baal.

 Consta que um profeta disse que Deus chamou a atenção de Elias, pelo que havia feito, mandando matar os mais 400 sacerdotes de Baal, dizendo que, ele, Elias, deveria somente ter mostrado o poder de Deus, e não tirar a vida deles, que só a Ele,DEUS, tem direito a isto.

 

Ora, se Deus não poupou, a anjos quando pecaram, antes precipitando-os no inferno, os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo.”(2º S. Pedro,C.2,v.4)

 

 

COM DEUS NÃO SE BRINCA

 

Não vos deixeis desencaminhar, ou, enganar: de Deus não se zomba; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará, colherá” (Gálatas 6:7)

“Como podem querer colher amor-ferfeito, quando só plantaram urtiga”

“Como podem querer colher moranguinhos, quando só plantaram mata-cavalo”

   

 

Romanos2

 

11 pois para com Deus não há acepção de pessoas.12 Porque todos os que sem lei pecaram, sem lei também perecerão; e todos os que sob a lei pecaram, pela lei serão julgados.

13 Pois não são justos diante de Deus os que só ouvem a lei; mas serão justificados os que praticam a lei

14 (porque, quando os gentios, que não têm lei, fazem por natureza as coisas da lei, eles, embora não tendo lei, para si mesmos são lei.

15 pois mostram a obra da lei escrita em seus corações, testificando juntamente a sua consciência e os seus pensamentos, quer acusando-os, quer defendendo-os),

16 no dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Cristo Jesus, segundo o meu evangelho.

17 Mas se tu és chamado judeu, e repousas na lei, e te glorias em Deus;

18 e conheces a sua vontade e aprovas as coisas excelentes, sendo instruído na lei;

19 e confias que és guia dos cegos, luz dos que estão em trevas,

20 instrutor dos néscios, mestre de crianças, que tens na lei a forma da ciência e da verdade;

21 tu, pois, que ensinas a outrem, não te ensinas a ti mesmo? Tu, que pregas que não se deve furtar, furtas?

22 Tu, que dizes que não se deve cometer adultério, adulteras? Tu, que abominas os ídolos, roubas os templos?

23 Tu, que te glorias na lei, desonras a Deus pela transgressão da lei?

24 Assim pois, por vossa causa, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios, como está escrito

 

Mateus C.5

17 Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir.

18 Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido.

19 Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.

20 Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.

21 Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; mas qualquer que matar será réu de juízo.

22 Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno.

23 Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti,

24 Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta.

25Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele, para que não aconteça que o adversário te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao oficial, e te encerrem na prisão.

26 Em verdade te digo que de maneira nenhuma sairás dali enquanto não pagares o último ceitil.

 

 

Mateus,9:13 Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento.

 

Lucas,15:7 Digo-vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento.

 

Mateus     Cap. 7

1-Não julgueis, para que não sejais julgados.

2-Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.

3-E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?

4-Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?

5-Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.

 

11

Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem?

12

Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas.

 

 

Gálatas 5

 

14 

Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.

 

Romanos, C.13,v.10

O amor ao próximo não obra o mal. Logo a caridadeé o complemento da Lei.

Ou, o amor é o cumprimento da Lei.

Gálatas 5

22 

Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.

23 

Contra estas coisas não há lei.

Provérbios 3:12

Porque o SENHOR repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem Ou como se diz popularmente:Quem ama não mata.

Não só não mata, mas também, honra a seus pais, não mente, não rouba,

não adultera, não cobiça nada dos outros, principalmente mulher do próximo ou marido da próxima, enfim....não faz nada que possa prejudicar o seu próximo, só fazendo  o bem não interessando a quem em nome de Jesus Cristo.

 

O cumprimento da Lei é o amor.

 

 

 

O AMOR É O DOM MAIOR

 

I Coríntios – C.13

1 

AINDA que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.

2 

E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.

3 

E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.

4 

O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

5 

Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;

6 

Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

7 

Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

8 

O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;

9 

Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;

10 

Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.

11 

Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

12 

Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.

13 

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

 

 

O único que não está sujeito a Lei, é justamente o seu criador, Deus.

Abaixo “D’Ele,” tudo é regido por leis.

 

Moral da história:

Como podem querer colher “amor- perfeito”, quando só plantaram urtiga.

Como podem querer colher moranguinhos, quando só plantaram ”mata-cavalo”.

 

Muitos lembram  do versículo que diz que:  o homem morre uma só vez.

Mas, e a segunda morte da qual fala o apocalipse?

 

E aquele que Jesus fez voltar a vida após estar três dias morto?

Não tornou a morrer de novo?

 

Existem muitos outros mistérios entre o céu e terra, aos quaisa Bíblia se refere.

E como Jesus havia dito: - Se eu vos falo das coisas terrestres, vós não me acrediteis, quanto mais, se eu vos falar das coisas celestiais. (S.João.C.3,v.12)

 

Ou, consta que ele havia dito muito mais coisas, que não caberiam em todos os livros deste mundo.

 

Se alguém julga saber alguma coisa, com efeito não aprendeu ainda como convém saber.” (1º Coríntios,C.7,v.6)

 

“Ainda que eu tenha o dom de profetizar e conheça todos os mistérios e toda a ciência; ainda que eu tenha tamanha fé ao ponto de transportar montes, se não tiver amor, nada serei, ou, nada disso me adiantará.”

 (1º Coríntios,C.13,v.2)

“O meu povo está sendo destruído por que lhe falta o conhecimento…”(Oséias,C.4,v.6)

 

“…pois o povo que não tem entendimento, corre para a sua perdição.

( Oséias,C.4,v.14)

 

“Por isso mesmo, vós, reunindo toda a vossa diligência(cuidado, investigação), associai com a vossa fé a virtude; com a virtude, o conhecimento.

(2º S.Pedro,C.1,v.5)

 

“Porque eu quero misericórdia, e não sacrifício; e o conhecimento de Deus mais do que holocaustos.(Oséias,C.6,v.6)

 

“Cuidadopara que a luz que há em ti não sejam trevas.”(S.Mateus,C.6,v.23)

 

Ninguém é obrigado acreditar em nada do que está escrito aqui.

 

Mas, é bom estar bem informado sobre o que anda por aí, para que o livre arbítrio tenha liberdade de escolha, das múltiplas interpretações, em todos os instantes da vida, nas mais variadas circunstâncias.

 

Ainda que alguém “ache” que saiba tudoteoricamente sobre esoterismo, ocultismo, e toda a ciência hermética,  e ainda que saiba a Bíblia de cor, não se torna ainda, um bom cristão.